Vitamina C injetável pode ajudar no tratamento contra o câncer, diz estudo

Veja a matéria completa sobre Vitamina C injetável pode ajudar no tratamento contra o câncer, diz estudo e fique por dentro de como cuidar da sua saúde.

BBC

Altas doses de vitamina C podem aumentar a eficácia dos tratamentos de quimioterapia em pacientes com câncer, sugerem pesquisadores da Universidade do Kansas, nos Estados Unidos.

Câncer: conheça 4 mitos sobre a doença

O estudo, divulgado na publicação científica Science Translational Medicine, afirma que doses injetáveis de vitamina C podem ser um coadjuvante eficiente, seguro e barato no tratamento de mulheres com tumor nos ovários.

BBC

Na década de 70, o químico Linus Pauling defendeu que a administração intravenosa de vitamina C poderia ser eficiente contra o câncer.

No entanto, testes clínicos em que a vitamina era ingerida pela boca falharam em replicar o mesmo efeito e as pesquisas foram abandonadas.

Hoje se sabe que o corpo humano expele rapidamente a vitamina C quando ingerida pela boca.

Na pesquisa, os especialistas injetaram vitamina C em células cancerígenas do ovário em laboratório. Eles também repetiram o experimento em camundongos e em 22 pacientes com câncer de ovário.

Eles observaram que as células cancerígenas que receberam vitamina C em laboratório reagiram à substância, enquanto as células normais não foram afetadas.

Em camundongos, a vitamina C reduziu o crescimento do tumor e os pacientes com câncer que receberam injeções com a substância disseram ter sofrido menos dos efeitos colaterais da quimioterapia.

Alimentos que ajudam a prevenir o câncer:

Abacate: rico em ácidos-graxos poli-insaturados e em vitaminas do grupo B, essenciais no combate ao câncer . Foto: Getty ImagesA abobrinha é rica em carotenoides, substâncias potentes contra o câncer. Foto: Getty ImagesO agrião contém compostos índoles, conhecidos por sua capacidade anticancerígena. Foto: Getty ImagesA alcachofra contém inulina, um prebiótico importante contra o aparecimento de câncer do trato gastronintestinal. Foto: Getty ImagesO alho é rico em compostos sulfurados, que inibe o metabolismo da célula cancerosa. Foto: Getty ImagesComposto em sua maioria de ácidos-graxos, o azeite é rico em ômega-3, importante antioxidante e, por isso, anticancerígeno. Foto: Getty Imagesx. Foto: Getty ImagesAlém de ácidos-graxos, a azeitona verde contém ácidos fenólicos, poderosos antioxidantes. Foto: Getty ImagesA beterraba contém antocianinas, um flavonoide antioxidante e anticancerígeno . Foto: Getty ImagesO brócolis tem folato, que tem propriedade anticancerígena. Foto: Getty ImagesA cebola branca contém selênio, rico em antioxidantes e, portanto, anticancerígeno. Foto: Getty ImagesA uva contém polifenóis, entre eles o resveratrol, que protege as células dos danos oxidativos causados pelos radicais livres. Foto: Getty ImagesA semente de girassol é rica em proteína e fibra, essa última um poderoso anticancerígeno. Foto: Getty ImagesA salsa é rica em vitamina C e cálcio, que evitam a proliferação dos radicais livres . Foto: Getty ImagesO tofu contém fitoestrogênios, que interferem no crescimento do câncer, principalmente o de mama. Foto: Getty ImagesA rúcula é uma ótima fonte de quercetina e carotenoides, poderosos antioxidantes e anticancerígenos. Foto: Getty ImagesA romã contém elagitaninos, poderosos antioxidantes - logo, um anticancerígeno natural. Foto: Getty ImagesA quinoa, grão originário dos andes e rico em proteínas, contém também fibras insolúveis, que protegem contra o câncer. Foto: Getty ImagesPimentão tem bioflavonoides, agentes antioxidantes . Foto: Getty ImagesA pimenta contém piperina, substância com ação anti-inflamatória, que inibe o crescimento do câncer. Foto: ThinkstockA melancia tem licopeno, um antioxidante que pode reduzir o risco de câncer. Foto: Getty ImagesO pão integral é rico em fibras, capazes de diminuir as chances de desenvolver câncer de intestino. Foto: Thinkstock/Getty ImagesO mel é rico em enzimas antioxidantes, potentes contra o câncer. Foto: Getty ImagesO kiwi tem luteína, substância com propriedades antioxidantes e, portanto, anticancerígena. Foto: Getty ImagesA maçã contém quercetina, um flavonóide potente contra o câncer. Foto: Getty ImagesA lentilha é uma ótima fonte de proteína vegetal e um poderoso anticancerígeno. Foto: Getty ImagesAlém de antisséptico, a menta é uma ótima fonte de antioxidantes. Foto: Getty ImagesAs nozes contêm ômega-3. Esse ácido-graxo é eficaz na proteção contra o câncer . Foto: Getty ImagesO ovo é rico em zeaxantina e luteína, dois importantes antioxidantes, que evitam a doença. Foto: Thinkstock/Getty ImagesO gengibre tem um alto teor de vitamina C, que é capaz de levar as células cancerígenas à morte. Foto: Getty ImagesA cúrcuma contém curcumina, substância anti-inflamatória e antioxidante. Foto: Getty ImagesA couve-flor é rica em compostos índoles, que protege contra o surgimento de câncer, principalmente de mama. Foto: Getty ImagesAssim como a couve-flor, a couve-manteiga contém compostos índoles, que protegem contra o câncer. Foto: Getty ImagesO chá verde contém epigalocatequina, um composto semelhante aos flavonóides, que ajuda na prevenção do câncer . Foto: Getty Images

Sem patente

A pesquisadora Jeanne Drisko disse que há um interesse crescente entre oncologistas de testar o poder da vitamina C no tratamento contra o câncer.

“Pacientes estão buscando opções eficientes e mais baratas de melhorar os efeitos do tratamento”, disse ela à BBC News.

“E a vitamina C intravenosa tem esse potencial, como indica nossa pesquisa científica e resultados dos primeiros testes”.

Um possível obstáculo ao avanço das pesquisas é falta de disposição das empresas farmacêuticas em financiar testes, porque não há como patentear a vitamina C – um produto natural.

“Como a vitamina C não tem potencial para patente, seu desenvolvimento não deverá ser apoiado pelas farmacêuticas”, disse o pesquisador Qi Chen.

“Mas acho que chegou a hora de as agências de pesquisa apoiarem de forma vigorosa os testes clínicos com essa vitamina”.

A médica Kat Arney, da instituição Cancer Research UK, disse que há uma longa história de pesquisas sobre os efeitos da vitamina C sobre o tratamento contra o câncer.

“É difícil dizer com uma pesquisa tão pequena (com apenas 22 pacientes) se altas doses da vitamina podem aumentar os índices de sobreviência ao câncer. Mas já é interessante o fato de que diminuíram os efeitos colaterias da quimioterapia”

O artigo Vitamina C injetável pode ajudar no tratamento contra o câncer, diz estudo foi originalmente publicado em http://saude.ig.com.br/minhasaude/2014-02-09/vitamina-c-injetavel-pode-ajudar-no-tratamento-contra-o-cancer-diz-estudo.html

Deixe uma resposta