Veja o que o uso abusivo de remédios pode causar na saúde – em Mulher de Corpo

 

Reportagem: Monique Zagari Garcia



exagerar-remedios

O acompanhamento de um médico de confiança é a melhor maneira de evitar o uso

compulsivo ou errado de medicações e se manter saudável
Foto: Shutterstock 

Em algum momento da sua vida alguém já deve ter lhe recomendado ou oferecido aquele “remedinho ótimo” para curar algum problema, seja uma simples dor de barriga ou talvez um problema mais sério – e é aí que mora o perigo. Remédios são drogas poderosas com diversos efeitos no organismo, alguns benéficos e outros prejudiciais, os chamados colaterais (não desejados para o fim proposto). “O conceito de que só o remédio cura é perigoso, pois, apesar de ser uma grande ferramenta para o reestabelecimento da saúde, o conjunto que inclui diagnóstico correto, reeducação alimentar e de hábitos de vida, adequação social, além da medicação e procedimentos invasivos (cirurgias) é que são os verdadeiros responsáveis pelo tratamento de um indivíduo adoentado”, esclarece o Dr. Fábio Azevedo de Almeida, médico e cirurgião geral do Hospital São Camilo (SP). Ou seja: de nada adianta tomar remédios além da necessidade e sem recomendação médica.

Alguns hábitos são importantes para suspeitarmos de um abuso de remédios que pode levar a prejuízos, colocando até mesmo sua vida em risco: “A automedicação é um dos principais sinais de que a pessoa está exagerando nos remédios. Entende-se por automedicação o hábito de consumir medicamentos por vontade própria, sem receita médica, sob a influência de pessoas que não dominam o assunto e anúncios na mídia”, enumera a Dra. Emilia Serra, médica e diretora do Instituto Instituto Alpha de Saúde Integral (SP).


São diversos os motivos que levam as pessoas a exagerar nos remédios: “1) Fatores pessoais, psicológicos e sociais ligados à imagem podem levar a distorções como a anorexia, bulimia, abuso de esteroides e medicações para emagrecer; 2) O modo de vida e a sociedade moderna levam ao estresse, que pode contribuir para o abuso de calmantes; 3) Casos de hipocondria, doença em que a pessoa pensa ter doenças que não são reais, chegando a duvidar dos diagnósticos médicos e dos exames realizados; além de estar sempre ansiosa com contaminações e novas doenças. Estas se auto-observam constantemente e exageram nos sintomas, acabando por consumir grandes quantidades e variedades de medicações”, informa o Dr. Fábio.

Abaixo, confira os principais malefícios que o exagero de remédios pode causar:

Dependência

Segundo a Dra. Emilia, a dependência física ou psicológica por algum medicamento pode desenvolver-se em apenas duas semanas de uso contínuo deste, mesmo tendo sido prescrito por um especialista. “Cada substância age de modo diferente e tem um potencial de dependência e tolerância diferente”, explica. Ela ainda menciona casos em que a dependência pode surgir, como a necessidade de doses elevadas durante longos períodos para tratar problemas graves e pessoas que, por iniciativa própria, optam pelo uso contínuo de determinados medicamentos.

Reações alérgicas

Existem dois tipos de reações alérgicas que podem ocorrer devido ao consumo exagerado de medicamentos: o tipo A e o tipo B. “A reação do tipo A tende a correr com mais frequência e está relacionada à dosagem do remédio, podendo ser tratada apenas com a redução desta. Tendem a ocorrer em casos em que a pessoa que possa ter recebido dose maior do que lhe é adequada, dose convencional (mas metabolizou e excretou o medicamento de forma mais lenta que o habitual) e até mesmo quando o indivíduo recebeu a quantidade certa do medicamento, mas, por alguma razão, é demasiadamente sensível a este”, informa a Dra. Emilia.

Já as reações do tipo B são incomuns, mais graves e não estão relacionadas à dose da medicação: “Estas podem ser derivadas de reações de hipersensibilidade ou imunológicas; podendo causar de erupções cutâneas leves e localizadas até efeitos graves sobre os sistemas orgânicos. Quando ocorrem, o medicamento deve ser suspenso imediatamente”, alerta a médica.

 

O artigo Veja o que o uso abusivo de remédios pode causar na saúde – em Mulher de Corpo
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/blogs/blogs/mulher-de-corpo/veja-o-que-o-uso-abusivo-de-remedios-pode-causar-na-saude/3043

Deixe uma resposta