Tratamento para Feridas em Pele Rachada e Ressecada – Dermatite Atópica

A matéria Tratamento para Feridas em Pele Rachada e Ressecada – Dermatite Atópica
você lê em detalhes aqui, ou confira mais notícias sobre Moda, Saúde e Beleza em Produtos de Beleza.


Um dos maiores problemas para quem sofre de dermatite atópica é quando a pele resseca ao ponto de provocar rachaduras e ferimentos. Quando eu ainda não sabia como controlar a hidratação da pele (que é o ponto mais difícil do tratamento, pois NADA parece funcionar), esta ressecava em pontos comuns de articulações e com simples movimentação, a pele rompia, provocando ferimentos. Eu até queria colocar fotos disso aqui, mas é muito horrível e eu não gosto nem de lembrar dessa época. Ninguém merece ver isso em um site de beleza. As fotos abaixo são apenas ilustrativas e bem menos gráficas.

Quando eu finalmente descobri como controlar a hidratação com um método simples e caseiro, sentia que, quando aplicava a misturinha em áreas feridas pelo ressecamento, ardia um pouco. Então, encontrei um jeito bem simples e bastante eficaz de tratar essas feridas antes de começar a hidratação profunda da pele.

Para isso, basta misturar 2 colheres de DEXPANTENOL (nome comercial: Bepantol, Bepantriz, etc.) + 1 colher de óxido de zinco (que você encontra em farmácias, farmácia de manipulação ou lojinhas que vendem produtos odontológicos –dica da Nacar Xavier, leitora do PB) e aplicar nas feridinhas antes de dormir, ou mesmo pela manhã, pois o óxido de zinco vai proteger completamente a pele do sol. O motivo da utilização do óxido de zinco é por ele ser uma substância adstringente, anti-séptica e secativa, acalmando e ajudando a vitamina B5 (do Bepantol) a cicatrizar a pele rapidamente.

As feridas provocadas pelo ressecamento da pele vão cicatrizar muito rápido e, em 2 ou 3 dias, você já poderá usar a misturinha que eu já ensinei aqui no PB a fazer para hidratar profundamente a pele. Lembrem-se de lavar bem o local e não usar sabonete comum, evitando o LSS presente na fórmula (escolha um sabonete fitoterápico) e sigam normalmente com o tratamento que seu dermatologista ou alergista prescreveu (geralmente estes tratamentos são com corticóides).

Eu fico muito feliz todas as vezes que recebo e-mails de agradecimento, como este de uma leitora querida sobre sua bebê de 11 meses:

“Boa tarde,

Hoje venho com noticias de melhoras, estou usando a receitinha desde que você me orientou, e estou vendo melhoras incríveis. Mas como a dela estava em demasia, ainda não esta 100%, mas em vista do que estava minha menina esta ÓTIMA, passo a misturinha duas a três vezes ao dia. Incrível. E agora quando sei de alguém com esse problema, divulgo a receita.
Meu muito obrigada, incansavelmente obrigada.

Deus te proteja e abençoe.”

A parte que mais gosto é do “Deus te abeçoe”. :-) Eu fico tão feliz em poder ajudar! Me emociono tanto! Me parte o coração saber que nem todos que sofrem com pele ressecada e dermatite atópica, vão encontrar o PB e a receitinha que está ajudando muita gente! Ás vezes entro em sites sobre o assunto e vejo tanto desespero, tantas lágrimas e não posso fazer muita coisa, pois sei que nem todos vão ler meu comentário. Mas me consola muito o fato de poder escrever sobre isso aqui no PB, e saber que algumas milhares de pessoas vão poder ver algum dia.

Como eu já falei bastante sobre a vitamina B5 e a glicerina nos outros artigos sobre dermatite aqui no PB, hoje vou falar um pouco sobre o óxido de zinco para que vocês conheçam bem esta substância e saibam o que estão usando, é claro.

“Óxido de Zinco: Substância adstringente, anti-séptica e secativa. O Zinco ajuda a acalmar e a cicatrizar a pele. Contribui com o fortalecimento da ação antibacteriana de partículas finas. É muito usado para tratar uma variedade de outras condições de pele, em produtos como pó de talco e cremes para tratamento de erupções de fraldas, creme de calamina, xampus anti-caspa, anti-séptico e pomadas. É também um componente em fita (chamado de “fita de óxido de zinco”), usada pelos atletas como uma atadura para evitar danos aos tecidos moles durante os treinos. Quando utilizado como ingrediente de protetor solar, o óxido de zinco, assenta-se na superfície da pele e não é absorvido, bloqueando os raios UVA (320-400 nm),UVB (280-320 nm), e os raios de luz ultravioleta. Como o óxido de zinco (e os protetores solares mais comuns, de dióxido de titânio) não são absorvidos pela pele, eles são não irritantes e não-alergênicos.

O óxido de zinco pode ser utilizado em pomadas, cremes e loções para proteger contra as queimaduras solares e outros danos à pele causados pela luz ultravioleta (ver filtro solar). É o mais amplo espectro UVA e UVB refletor que é aprovado para uso como um protetor solar pela FDA, e é totalmente foto estável.”

Não deixem o tratamento com o dermatologista e alergista após as condições de melhora da pele pela ação das nossas receitinhas, por favor!

O artigo Tratamento para Feridas em Pele Rachada e Ressecada – Dermatite Atópica
foi originalmente publicado em http://www.produtosdebeleza.com/tratamento-para-feridas-em-pele-rachada-e-ressecada-dermatite-atopica.html

Deixe uma resposta