Tiger Balm: conheça esse bálsamo multiuso tailandês

Você já ouviu falar em Tiger Balm? Basicamente, o Tiger Balm é um bálsamo (ou uma pomada) multiuso muito popular na Ásia. Mais especificamente, na Tailândia. Eu, que sou uma grande fã da cultura tailandesa (já fui quatro vezes pra lá! Eita saudade), sempre trago alguns potinhos na mala… Por isso, queria apresentar para vocês essa maravilha.

Tiger Balm, o que é?

Tiger Balm é basicamente um bálsamo usado para quase tudo. Isso inclui dor muscular, picadas de mosquito, nariz trancado, inchaço… A fórmula dele inclui cânfora, mentol, óleo de eucalipto e óleos essenciais, como os de cássia, de cajuput, de cravo e de menta. Eu já tinha ouvido falar dele e conhecia a embalagem, que é super famosa. Mas nunca tinha usado nem encontrado para comprar por aqui.

Como ele é um produto típico da Ásia, por lá ele é vendido em todo lugar. Além desses clássicos das fotos, existem outros produtos que fazem parte da linha, como adesivos analgésicos e outras versões da fórmula clássica. O Tiger Balm é também muito usado em algumas massagens tailandesas, como a das pernas e pés.

História do Tiger Balm

O “bálsamo do tigre” foi criado por Aw Chu Kin, um herbalista nascido na China. Ele se mudou para Yangon, no Mianmar, e por volta de 1870 chegou à receita que hoje é a do Tiger Balm. Ele faleceu em 1908, deixando a empresa para seus dois filhos Aw Boon Haw (que significa “tigre gentil”) e Aw Boon Par (que significa “leopardo gentil”). Depois disso, ambos levaram a sede da empresa para Singapura, de onde começaram a exportar para toda Ásia. E o Tiger Balm é até hoje uma das fórmulas mais clássicas e conhecidas para alívio de dores musculares.

Resenha: o que achei do Tiger Balm

O Tiger Balm da embalagem branquinha lembra bastante o nosso Vick Vaporub. Ele tem uma textura meio de cera e um cheiro bem semelhante. Já o vermelho tem uma textura mais de geleia e um aroma um pouquinho diferente. Um pouco mais quente e menos mentolado.

Apesar de terem funções parecidas, o vermelho é mais indicado para dores musculares. Já o branco ajuda a destrancar o nariz e pode ser usado para aliviar dor de cabeça. Para usar, é só aplicar um pouco do produto na área afetada, massagear bem e esperar agir. Enquanto original (branco) dá uma sensação gelada, o vermelho dá uma sensação quente.

Ah, uma coisa muito importante que você deve lembrar antes de usar: o balm vermelho mancha roupas e lençóis. Os tecidos ficam meio amarelados. Por conta disso, eu costumo usar mais a versão tradicional (branca) mesmo. Tanto para picadas de mosquito quanto para passar nas costas ou pernas depois de um dia cansativo, antes de dormir. E a sensação é muito boa, parece que alivia mesmo a tensão.

Um cuidado: depois de aplicar na pele, lave bem as mãos, para evitar que o produto entre em contato com óleos ou mucosas.

Mais sobre a Tailândia

Se você se interessa pela Tailândia além do famoso Tiger Balm, aqui no blog tem muito conteúdo legal sobre o país. Desde que escrevi esse post originalmente, em 2015, já voltei para lá outras três vezes. Sim, me apaixonei. E hoje sou uma entusiasta do país.

Falei sobre minha primeira vez na Tailândia neste post aqui. Em 2017, quando voltei a Bangkok, também dei dicas por aqui. Retornei ao país também em 2018 e 2019. Em 2018, dei uma dica de onde se hospedar em Bangkok. No ano passado, falei sobre onde comprar cosméticos e dei mais uma dica de hospedagem.

Cosméticos Asiáticos

Se você curte cosméticos asiáticos, te convido também a assistir ao vídeo abaixo. Além dele, há uma série de IGTV’s sobre o assunto disponível na nossa conta do Instagram.

Aqui no blog, eu também falo bastante sobre o assunto. Para quem está buscando por cosméticos coreanos, indiquei aqui os sites que costumo usar. Também temos muitas resenhas de cosméticos asiáticos disponíveis. Abaixo, veja uma seleção de ótimos produtos. Clique sobre as imagens para ser redirecionada à loja.

Turn on your JavaScript to view content

Composição

Onde comprar

Como já comentei acima, os meus eu comprei na Tailândia. Os potinhos menores custaram pouco mais de US$ 1 e o maior acho que foi US$ 3. Por lá é facílimo de achar em supermercados e farmácias.

Quem quiser comprar daqui, pode encontrar online no eBay ou mesmo na Americanas. Dá para encontrar também em algumas lojas de produtos asiáticos. Sei que em São Paulo tem em lugares como Liberdade e 25 de Março.

O post Tiger Balm: conheça esse bálsamo multiuso tailandês apareceu primeiro em Coisas De Diva – Resenhas sinceras e experiências da mulher adulta!.

Deixe uma resposta