Testei e não Gostei – Condicionador de Limpeza da L’Oreal

A matéria Testei e não Gostei – Condicionador de Limpeza da L’Oreal
você lê em detalhes aqui, ou confira mais notícias sobre Moda, Saúde e Beleza em Produtos de Beleza.


Eu já uso condicionadores de limpeza há um tempo e já testei alguns que gostei bastante como o Wen e o que uso ultimamente, da marca Salon Grafix. Eu sou uma grande adepta de condicionadores de limpeza, pois acho ser uma ótima alternativa a shampoos. Mesmo shampoos sem sulfato (os únicos tipos que uso) podem ressecar os cabelos quando usados várias vezes por semana. Eu lavo o cabelo cerca de 3 ou 4 vezes por semana e em apenas uma dessas vezes, uso shampoo, na maioria das vezes eu lavo meu cabelo com condicionador.

Isso não é nenhuma grande novidade e eu já falei sobre usar condicionadores de limpeza antes aqui no PB. A L’Oreal acabou de lançar um condicionador de limpeza em sua linha Sulfate Free, a EverCreme. A marca chama o produto parte da hair revolution, em que shampoos comuns que fazem um monte de espuma e ressecam os cabelos tornam-se algo do passado.

Eu fiquei empolgada de ver mais um desses condicionadores de limpeza à venda por um preço mais acessível e na farmácia e logo quis comprar um para testar. Eu tinha um coupon e paguei menos de $6 dólares pelo condicionador de limpeza. Na frente da embalagem, você logo vê que o produto diz conter óleo de camelina, ingrediente que anda sendo muito usado nos produtos da L’Oreal este ano, que garante ser milagroso para os cabelos.

Ao testar o condicionador, logo notei o forte cheiro floral, uma fragrância exagerada que me incomodou, mesmo assim usei como indicado, deixei agir por cerca de 3 minutos e enxaguei. Saí de casa às pressas (como sempre) com o cabelo ainda molhado e assim que cheguei na escola onde trabalho, meu cabelo estava uma palha!

Meu cabelo é normal, antes era oleoso, mas com o tempo e com as tinturas ele agora é normal e geralmente não me dá trabalho. Eu quase nunca uso secador e sou do tipo lavo, penteio e saio. Ás vezes uso algum produto para dar brilho e controlar frizz, mas nem sempre. É raro que meu cabelo fique ressecado, então para que ele fique com aspecto de palha, algo muito de errado tem que acontecer.

Cheguei em casa e não lavei o cabelo nesse dia, apesar de continuar com aquela textura desagradável. Meu cabelo é naturalmente liso e geralmente sedoso ao toque, mas eu estava muito cansada para lavar o cabelo novamente no mesmo dia. No dia seguinte eu acordei e pedi para meu namorado tirar esta foto. Meu cabelo já estava um pouco melhor do que no dia anterior, pois os óleos naturais já tinham se espalhado, mas mesmo assim dá para notar o aspecto ressecado e armado na foto abaixo.

 

Como um produto que diz fazer bem ao cabelo ser tão ruim? E como que este condicionador de limpeza da L’Oreal poderia ser tão pior do que todos os outros que já havia experimentado? A resposta é simples – os ingredientes! Eu comparei os ingredientes do condicionador de limpeza da L’Oreal com o Salon Grafix e Wen que tenho aqui em casa e notei que um dos primeiros ingredientes é álcool cetearil, um ingrediente comum em cosméticos que age como emoliente e emulsificante, os outros condicionadores também contém este ingrediente, mas em menor quantidades.

Em seguida notei que o condicionador da L’Oreal tem um surfactante, nada muito forte, mas os outros condicionadores de limpeza não contém surfactantes. Outra coisa que o produto da L’Oreal tem é amido e álcool da fragrância. Bingo! Estes últimos que causaram o aspecto de palha no meu cabelo. Os demais ingredientes são bons e o tal óleo de camelina estava listado quase no fim da lista, ou seja o produto contém uma gotinha minúscula dele.

Eu deveria ter analisado a lista de ingredientes antes de comprar o condicionador, mas eu fiquei empolgada com a novidade e nunca imaginei que um condicionador pudesse ressecar meu cabelo, afinal a função deste produto é exatamente oposta. O condicionador de limpeza da L’Oreal está voltado para CVS, vou retornar o produto com certeza! Não guardei o recibo, mas a CVS tem um política de retorno ótima e eles sempre me dão crédito para que eu compre outra coisa. Uma das vantagens de morar nos EUA é poder retornar os produtos que a gente não gosta sem dor de cabeça.

Não recomendo o Cleansing Conditioner da L’Oreal nem às minhas piores inimigas! Nota: ZERO

O artigo Testei e não Gostei – Condicionador de Limpeza da L’Oreal
foi originalmente publicado em http://www.produtosdebeleza.com/testei-e-nao-gostei-condicionador-de-limpeza-da-loreal.html

Deixe uma resposta