Saiba como funciona o congelamento de óvulos – em Mulher de Corpo

O congelamento de óvulos é uma das opções para quem quer engravidar. Saiba tudo sobre o procedimento

Texto: Amanda Nicácio | Adaptação: Nathália Henrique



Saiba como funciona o congelamento de óvulos

Foto: Freeimages

Se você pensa em deixar a gravidez para o futuro, esta é uma opção. Tiramos as dúvidas com Arnaldo Schizzi Cambiaghi, especialista em medicina reprodutiva e diretordo centro de reprodução humana do Instituto Paulista de Ginecologia e Obstetrícia (IPGO):

Por que fazer

Quem mais procura o congelamento de óvulos são mulheres solteiras com pouco menos de 35 anos que têm o desejo de ser mãe, quem possui histórico familiar de menopausa precoce e aquelas que passaram por tratamentos oncológicos, como quimioterapia e radioterapia.

Como funciona

A mulher recebe medicações injetáveis por cerca de oito a dez dias, para que o número de óvulos recrutados aumente. Então, eles são removidos com uma agulha. O processo é feito com sedação venosa e indolor. Os óvulos podem permanecer congelados por tempo indeterminado.

Existe uma quantidade definida?

O recomendado é que sejam congelados pelo menos oito óvulos para uma tentativa de fertilização in vitro. Mas existe uma média para cada faixa etária: mulheres de até 34 anos, de 11 a 15. As de 35 a 37 anos, de 16 a 20. Para acima de 38 anos, o ideal são de 21 a 30 óvulos.

Revista Corpo a Corpo | Ed. 317

O artigo Saiba como funciona o congelamento de óvulos – em Mulher de Corpo
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/blogs/blogs/mulher-de-corpo/saiba-como-funciona-o-congelamento-de-ovulos/8754

Deixe uma resposta