Saiba como evitar as micoses no verão – em Cuidados com o corpo

Com a chegada do calor, o aumento do suor deixa as partes do corpo mais úmidas e quentes, favorecendo o desenvolvimento de micoses no corpo. Veja dicas para proteger sua pele deste mal


 



micoses-no-verao

Escolha sapatos que evitem a transpiração dos pés. Caso opte por sapatos fechados, 

exponha-os ao sol após o uso

Foto: Shutterstock

Coceira, ardência, pequenas bolhas de água, vermelhidão, fissuras e descamação na pele são os principais sinalizadores da presença da micose no corpo, as temidas lesões brancas e avermelhadas causadas por fungos dermatófitos e leveduras que são ainda mais recorrentes na estação mais quente do ano. “A micose é mais frequente no verão devido ao calor que estimula o aumento da sudorese, deixando as partes do corpo mais úmidas e quentes. Além disso, há maior procura por praias e piscinas nessa época do ano, locais de maior contaminação pelo fungo”, esclarece o dermatologista Denner de Castro (SP).

Segundo a dermatologista Miriam Sabino de Oliveira (SP), hábitos como o uso de sapatos fechados e roupas sintéticas, além da exposição aos fungos existentes no chão ou em animais podem contribuir para o surgimento da doença. Porém, algumas pessoas apresentam uma tendência maior para a infecção: “Quem tem deficiência no sistema imunológico como Diabetes ou estão em tratamento de doenças mais graves, como câncer, precisam redobrar os cuidados, principalmente, com a região dos pés”, destaca a médica.


Muito comum no verão, a pitiríase versicolor é um tipo de micose que provoca manchas brancas (ou tons diferentes como marrom, rosa ou vermelho) pelo corpo, principalmente no pescoço, ombros, costas e peito, podendo progredir para o abdômen. De acordo com Miriam, a pessoa só percebe que está com a doença quando se expõe ao sol, pois as áreas atingidas pela doença não bronzeiam devido aos fungos. “Infelizmente, a falta de informação e tratamento adequado podem contribuir para o surgimento de uma micose recorrente, dificultando cada vez mais o seu desaparecimento. Por isso, ao detectar o problema, é fundamental consultar um dermatologista”, alerta Miriam.

Os tratamentos para a micose variam de acordo com a avaliação do dermatologista: “A micose pode ser tratada à base de shampoos, cremes, sabonetes, esmaltes antifúngicos e medicação oral”, informa Denner. Mas, para que você não tenha que passar por essa situação desagradável e diminua as chances de contrair a doença, confira na próxima página algumas dicas preciosas que a dermatologista Miriam Sabino selecionou e evite o aparecimento de micoses no corpo, pés e unhas!

O artigo Saiba como evitar as micoses no verão – em Cuidados com o corpo
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/corpo-e-rosto/corpo-e-rosto/cuidados-com-o-corpo/saiba-como-evitar-as-micoses-no-verao/3099

Deixe uma resposta