Psoríase tem Cura?

A matéria Psoríase tem Cura? você lê em detalhes aqui, ou confira mais notícias sobre Moda, Saúde e Beleza em Produtos de Beleza.


Esta semana, uma querida leitora pediu socorro, no Facebook, sobre o seu caso de Psoríase. Nossa leitora informou que a psoríase havia voltado e que gostaria de receber dicas sobre o assunto.

Bom, meu caso com minhas dermatites me deixou alerta sobre a psoríase, apesar do meu diagnóstico para ela ter sido negativo, eu li algumas coisas sobre o assunto, porém, não sei tanto quanto saberia se o caso fosse de dermatite atópica.

Pesquisando sobre o assunto, encontrei muitas coisas interessantes que acho legal dividir com vocês.

O site motivação.org tem uma postagem muito interessante sobre um terapeuta naturalista chamado Victor Sousa. Eu não consegui muitas informações sobre ele, os sites que  eram indicados em poucos artigos que encontrei sobre o terapeuta não estão mais ativos, enfim, achei uma pena (e muito estranho) não poder informá-las mais sobre ele. Porém, o artigo que encontrei sobre o tal naturalista falando sobre psoríase,  diz muitas coisas que valem a pena o esforço de ler e pesquisar mais sobre curas alternativas. A “entrevista” concedida a um jornal que eu nunca ouvi falar, é bem completa e detalha muitos aspectos que nós já abordamos aqui no PB, ao falarmos de medicina oriental, PH sanguíneo e alimentação.

Segundo o terapeuta, “os tratamentos pela fitoterapia da psoríase se resumem, em primeiro plano, na educação alimentar. O paciente tem que ter o conhecimento e a consciência daquilo que se pode e daquilo que não se pode comer ou beber, pois muitos itens de alimentação, desencadeiam uma reação negativa e imediata na pele do paciente. Lamentavelmente, médicos, em sua maioria, não tem este conhecimento, pois este tema exige profunda investigação cientifica.  Leve em conta que o paciente com psoríase é alérgico a quase tudo, mas não sabe, e ,quando aflora as horríveis manifestações externas na própria pele, geralmente, entra em pânico, pois mal acredita no que vê e se pergunta: como é possível ter uma alergia naquela proporção, vindo do nada?  Ao ir ao médico em uma situação desta, recebe a resposta que não quer ouvir: Isto é psoríase e não tem cura, desencadeia pelo stress e fatores genéticos. Neste instante, desaba o mundo na cabeça de uma pessoa portadora de psoríase. Eu vejo que é neste momento que poderia se atribuir stress e não no momento anterior.”

Nesta mesma “entrevista” o terapeuta comenta sobre várias soluções possíveis para a psoríase, que são completamente ignoradas pela medicina tradicional, segundo ele, por fatores “econômicos”, como o desinteresse da indústria farmacêutica em promover que um simples chá poderia fazer mais efeito que um creme caro e inacessível:

“Existem várias formas de tratamento e cura da psoríase, é obvio que cada caso é um caso, pois são níveis diferentes da enfermidade, existindo, inclusive, casos associados, como língua geográfica, pano branco, entre outras.

1-Deve-se equilibrar a alimentação com rigor, sabendo o que pode e o que não pode comer. Isto se faz necessário, para que durante o tratamento, as alergias e intoxicações alimentares não interfiram no êxito pleno do tratamento, deve-se ter ainda, grande cautela com o fígado nesta fase, daí, recomenda-se também, o uso do maravilhoso produto natural (erva) denominada QUINA (Nome Científico: Coutarea hexandra Schum. Família: Rubiaceae), que tem a venda em cápsulas em qualquer boa farmácia das ervas ou casas de ervas. A lista de alimentos proibidos e permitidos encontra-se no final do artigo.

2-O corpo deve sempre estar limpo (claro que a mente também, mas esta é uma outra parte).  O sabonete de ervas específicas lava o corpo como um verdadeiro remédio. Na ausência de um múltiplo sabonete de ervas especificas (krenakore indígena) pode-se usar simplesmente um sabonete a base da erva BARBA-TIMÃO (BARBATIMÃO. Nome científico Stryphnodendron barbatiman Mart. Família: Fabaceae).

3-Em seguida, superada a fase de reeducação alimentar, vamos a parte tópica, que trata-se do uso de extratos de ervas medicinais (liquidas ou em pomadas) para passar no corpo e eliminar a dermatose psoriasica.  Neste ponto é que se deve atenção especial, não se pode NUNCA, aplicar aquilo que acha que é bom, porque leu em algum comentário ou matéria aleatória. Na falta de um fitoterapeuta, aplique apenas o extrato de assa-peixe (ASSAPEIXE. Nome científico: Vernonia grandiflora Less. Família: Asteraceae. Sinônimos botânicos: Lessingianthus grandiflorus). Isto, por si só, vai reduzir muito as escamações do corpo. Porém, o ideal que se busca, a cura, é atingida com o uso de um complexo de extratos de múltiplas ervas, em especial a do caule Poty (desconhecido pela botânica). Este mix de ervas indígenas (caule poty, potyguar, entre tantas outras ervas), consagrou o êxito na cura das enfermidades da pele, em especial.  Nasceu aí, a pomada krenakore.

 

NÃO COMER:

1- FAROFAS

2- REFRIGERANTES, VINAGRES, CANFORAS E A OLEOS DE COPAIBA. (álcool nenhum, nem cervejas, caipirinhas, vinho só no banho, etc.).

3- IOGURTES

4- CARNES DE PORCO, SUINOS, PRESUNTO, MORTADELA, SALAMINHO, CARNES GORDUROSAS. DIMINUA OU ABSTENHA-SE DAS GORDURAS EM GERAL. (FEIJOADAS, NEM EM PENSAMENTO).

5- PIMENTAS e SALGADOS (as coxinhas, empadinhas, bolinhos, que se vendem em padarias, especialmente os pastéis).

6- CHOCOLATES EM GERAL, (brigadeiro, bolos, doces, barras, ou seja, em qualquer de suas fórmulas, pois o chocolate desencadeia reação na pele em menos de 12 horas).

7- OVOS, nem em bolo, nenhuma mistura que tenha ovos  podem ser ingeridos, catchup, mostarda (é feita com ovos), tomate, alcaparras, maionese, vinagres, limão, laranja, abacaxi, peixes, morango, frutas ácidas,cebolas.

8- SORVETES

9- PIZZAS

10- Salgadinhos industrializados.

 

NÃO BEBER:

a. Bebidas com álcool

b. Sucos ácidos.

c. Cervejas.

d. Suquinhos industrializados.

 

ALIMENTAÇÃO ADEQUADA:

01- FIGOS

02- Funcho

03- Inhame (branco e roxo) cozido, em sopa, (não importa como) MUITO BOM.

04- Soja

05- Aipo

06- Sementes de Linhaça e Sementes de Girassol

07- Cítricos (os citrinos contem psoraleno, que é a propriedade que combate a psoriase).

08- Quando possível, um pouco de cloreto de magnésio PA, só faz bem.

09- Cenoura

10- Evitar ácidos, carnes. Dica: SUCO DAS FOLHAS DO INHAME BRANCO E DO ROXO.

11- TRIGO EM FORMA DE ARROZ

12- MILHO COZIDO

13- SERRALHA E BETERRABA

14- Lisina (lisina é aminoácido que se encontra na batata, sojas e leveduras)

15- No geral: verduras cruas, legumes, arroz, feijão, verduras cozidas, batatas só cozidas (evitar as frituras). Peixe só a pescada branca (menos efeitos de alergia), frango cozido ou assado, fígado de boi (frito ou cozido e, assim mesmo, com pouquíssimo óleo), macarrão sem ovos e sem molho de tomate, frutas (desde que não sejam as ácidas como, por exemplo, o abacaxi), batata e soja (são ricos em Lisina “Aminoácido”).

PODE BEBER:

a. Todos os sucos naturais que não sejam ácidos e ÁGUA DE COCO.

b. Vinho de uva sem álcool.

c. Águas com gás ou sem gás, etc.

d. Na água, mesmo as filtradas em potes de barro,se deve acrescentar uma pitada proporcional de Magnésio PA.

Ervas importantes no tratamento :Tanchagem, babosa, bartimão, orelha de cachorro, , calêndula, aperta ruão, amor do campo, amor perfeito, alfazema, alfavaca, araruta, ipê roxo, ipê amarelo, Artemísia, erva de santa Maria, pitanga e unha de gato.

Para coceiras:

Um gel para passar no corpo (isto é só na primeira fase, antes de iniciar o tratamento fitoterápico, ou seja, sem químicas) – NOME DO GEL: metronidazol (fosfato de sódio monobásico anidro, metilparabeno, propilparabeno, carmelose sódica e água purificada), que é uma “pomada”, cuja indicação original é para uso vaginal, mas tem efeitos socorristas nesta emergência e custa, no máximo, R$ 7,00 (sete reais).Banho  de ervas indicado: ERVA TRAPOERABA.

*Minha opinião sobre tudo isso é que eu acho muito válido procurarmos por métodos alternativos quando a ciência médica simplesmente nos diz que algo não tem cura e que é psicológico. Imagina só como deve ser tenso viver preocupado em não ficar preocupado. Ave Maria! Só de pensar nisso, eu já fico tensa. Acho que há muitas respostas na natureza e que ela tem a cura para todas as enfermidades. Não sei se o tal terapeuta existe, nem se a tal da pomada krenakore é manipulada  no Brasil como deveria (é vendida somente on-line), nem se ela realmente cura a psoríase, mas o fato é que há muitas verdades nesta tal “entrevista” (mesmo que ela seja “hipotética”): a natureza  é o poder. Vale à pena buscar, questionar e estudar a medicina alternativa.

O artigo Psoríase tem Cura? foi originalmente publicado em http://www.produtosdebeleza.com/psoriase-tem-cura.html

Deixe uma resposta