Os cuidados com a pele branca, oriental, morena e negra – em Cuidados com o corpo

O passar dos anos traz segurança, equilíbrio, mas também deixa suas marcas estampadas na tez. Porém, se você conhecer em detalhes as características da sua pele, prevenir e combater esse mal será bem mais fácil

 

Texto: Carmen Cagnoni



tipos-de-pele

Quanto mais clara a epiderme, mais propensa ao envelhecimento precoce ela está

Foto: Danilo Borges 

Envelhecer é um processo que afeta a todos, sem distinção. Porém, alguns fatores genéticos determinam como isso vai se manifestar na aparência. E vamos combinar: sabendo como prevenir e tratar os primeiros sinais fica muito mais fácil vencer esta batalha. Para tanto, conversamos com grandes especialistas no assunto e chegamos aos seguintes pontos-chave: conhecer o tipo de pele, os seus principais problemas e escolher os produtos e o tratamento estético mais indicados para ele. Então, o que está esperando? Use o tempo a seu favor!

Questão de pele

No Brasil, com a mistura de raças, a diversidade impera. A descendência europeia, oriental, africana e indígena se mostra em diferentes tons de pele, como branca, amarela, morena e negra. O que isso tem a ver com o envelhecimento? A melanina (pigmento natural da pele) funciona como uma proteção natural do organismo contra a ação dos raios solares, os grandes vilões do envelhecimento. Assim, quanto mais clara a epiderme, mais propensa ao envelhecimento precoce ela está. Sem contar que a pele negra (rica em melanina) tem fibroblastos, células que conferem elasticidade e força maiores e produzem mais colágeno. Por isso, costuma mostrar os sinais do tempo tardiamente.

 

O artigo Os cuidados com a pele branca, oriental, morena e negra – em Cuidados com o corpo
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/corpo-e-rosto/corpo-e-rosto/cuidados-com-o-corpo/os-cuidados-com-a-pele-branca-oriental-morena-e-negra/3349

Deixe uma resposta