O que fazer ao sofrer queimaduras solares? – em Cuidados com o corpo

Se a sua pele está vermelha e ardendo, esses podem ser alguns dos sinais de que sofreu queimaduras solares. Saiba o que fazer

Por Kelly Miyazato



Aposte nas dicas da especialista e saiba o que fazer
ao sofrer com queimaduras solares
Foto: Danilo Borges

Quem não adora aproveitar os dias de sol e calor, durante o verão, na praia ou piscina? Mas, para isso é necessário tomar alguns cuidados com a pele, que nem sempre são seguidos à risca. De acordo com Annia Cordeiro Lourenço, dermatologista e diretora da Clínica da Pele Annia Lourenço, as consequências, muitas vezes, são as queimaduras de pele causadas pelo sol. “A falta de proteção, o uso inadequado do filtro solar ou exposição aos raios solares nos horários de maior intensidade têm um mesmo resultado: pele vermelha, ardência, inchaço e, algumas vezes, descamação”, explica.


Annia comenta que ao sofrer queimaduras solares, podem ocorrer variações de intensidade, mas exigem o mesmo cuidado: muita hidratação. “Na área, é importante a hidratação tópica, em abundância. Além disso, deve-se beber muito líquido. Se estiver com muita dor, procure um especialista, para que ele possa recomendar a medicação adequada”, reforça.

“Para diminuir a vermelhidão e ardência, pode utilizar cremes com babosa e compressas frias, que podem ser feitas com camomila. Vale lembrar que as compressas e os hidratantes – de preferência em loção, por serem mais fáceis de espalhar – ajudam a aliviar aquela sensação de calor na pele. Outra opção são os banhos frios e mornos, se possível, de imersão com aveia na água”, aconselha.

Annia alerta: “Se começar a descascar, a principal orientação é não puxar a pele, nem acelerar a descamação. Dependendo da área atingida e da intensidade da queimadura, a tez deve se recuperar em uma semana, em média. Portanto, invista na hidratação e espere”.

Dependendo do grau de inflamação, queimadura, ou descamação, a exposição solar pode agravar, causar manchas. “Mesmo que seja por pouco tempo ou nos horários seguros, o paciente deve proteger muito bem a pele, usando um filtro solar adequado em bastante quantidade”, ressalta.

“Adote medidas de prevenção, não descuide da sua pele, pois os sintomas imediatos da queimadura (dor, ardência, vermelhidão) passam, mas os efeitos do sol na pele são cumulativos e graves – muito além do que nós vemos. Ou seja, as queimaduras que uma criança sofre na infância irão influenciar no aparecimento de doenças na vida adulta e todo dano que é feito às células são permanentes, ainda que os sintomas externos desapareçam”, conclui.

 

*Agradecimentos à Annia Cordeiro Lourenço, dermatologista e diretora da Clínica da Pele Annia Lourenço.

 

 

O artigo O que fazer ao sofrer queimaduras solares? – em Cuidados com o corpo
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/corpo-e-rosto/corpo-e-rosto/cuidados-com-o-corpo/o-que-fazer-ao-sofrer-queimaduras-solares/7585

Deixe uma resposta