Dúvidas Sobre Pomadas de Óxido de Zinco

A matéria Dúvidas Sobre Pomadas de Óxido de Zinco você lê em detalhes aqui, ou confira mais notícias sobre Moda, Saúde e Beleza em Produtos de Beleza.


No mês em que o nosso PB bate recorde de visitas, recebemos uma linda notícia! Uma de nossas leitoras mais queridas e assíduas espera um bebê! A Tânia Soares está conosco desde 2010 e é uma das leitoras que mais nos envia resenhas, além de ter criado o grupo “amigas do PB”,no facebook, com a finalidade de aprofundar a amizade iniciada entre as leitoras aqui nos comentários do blog.

Nos sentimos muito honradas por saber que o PB consegue ser tão verdadeiro e capaz, até mesmo, de incentivar amizade entre as comentaristas! Acho que somos privilegiadas por isso! Talvez o nosso estilo diferente de nos tornarmos muito acessíveis e sem marras com as nossas leitoras tenha facilitado essa atitude entre vocês, queridas! O fato é que somos muito gratas por isso!

Como as nossas leitoras que passam por este momento lindo adquirem privilégios aqui no PB, este artigo é especial para nossa Tânia, mamãe do mês!

A dúvida da Tânia é quanto ao nosso super indicado “óxido de zinco”, presente em várias receitinhas para pele aqui no PB. Ela não conseguia encontrar nenhuma pomada de óxido de zinco e gostaria de saber se a famosa “hipoglós” poderia ser usada no lugar.

Bom, a resposta é NÃO. As receitinhas que temos aqui no PB para peles secas, dermatites e proteção solar, necessitam de pomadas de óxido de zinco de, no mínimo, 200mg/g. Até onde eu lembro (me corrijam se eu estiver errada, ou se a fórmula mudou) a hipoglós não tem essa concentração. Além disso, a hipoglós possui outros princípios ativos que, se eu tivesse a pele oleosa, passaria bem longe.

As pomadinhas de óxido de zinco são facilmente encontradas nesta concentração de 200mg/g associadas à nistatina. O problema é que, no Brasil, a nistatina não é convenientemente usável por mais de 7 dias, além de não poder ser usada por mulheres grávidas, por motivos ainda não comprovados, porém, já estudados. Apesar da nistatina não ser absorvida por pele intacta, não sendo prejudicial quando usada da forma que a indicamos aqui no PB, em nossas receitinhas, o melhor é evitar.

Neste caso, a solução é procurar por pasta d´água (e tentar se adaptar à pasta, que tem uma textura estranha) ou pomadas de PREVENÇÃO (e não de tratamento) de assaduras que não estejam associadas a outras inúmeras substâncias hidratantes (como o caso da hipoglós). Estas pomadas, geralmente, não possuem a nistatina em sua composição e possuem uma boa concentração de óxido de zinco, ideal para ser usada em nossas dicas aqui no PB, como as receitinhas de BB cream caseiro e protetor solar,tratamento de dermatite e tratamento para pele seca.

Porém, é preciso testar a marca da pomadinha de prevenção que se adapta melhor. Cada pele vai reagir de uma forma diferente e, quem tem a pele oleosa, deve tomar cuidado redobrado para não acabar com mais acne que antes e, geralmente, gosta mais do efeito da pasta d´água. Quem tem a pele seca, geralmente, não gosta do efeito da pasta d´água e se adapta melhor a pomadinhas de prevenção de assaduras! É só ir testando!

Eu espero ter conseguido tirar as dúvidas da mamãe Tânia que, carinhosamente, me chama de “Sinhazinha” do PB. Eu prefiro não querer saber o motivo deste apelido, mas tenho certeza de que é com muito amor, não é, Dona Tânia? Aproveita os 9 meses em que a Sinhazinha é você! (Risos).

Parabéns pelo momento e um grande abraço para todas as leitoras mamães!

O artigo Dúvidas Sobre Pomadas de Óxido de Zinco foi originalmente publicado em http://feedproxy.google.com/~r/produtos-de-beleza/~3/mdhmfZZJ6C8/duvidas-sobre-pomadas-de-oxido-de-zinco.html

Deixe uma resposta