Desonestidade na Blogosfera Brasileira

A matéria Desonestidade na Blogosfera Brasileira
você lê em detalhes aqui, ou confira mais notícias sobre Moda, Saúde e Beleza em Produtos de Beleza.

Este artigo será um desabafo e espero que de certa forma seja informativo. Eu não estou muito no meio da blogosfera brasileira pois moro nos EUA. Minhas parceiras, a Lô e a Bru, estão no Brasil, mas elas não se envolvem muito em eventos e panelinhas, afinal elas são ocupadas e quando dão um tempo nas faculdades, casas, famílias, trabalhos, elas se dedicam a escrever para o PB.

Se eu estivesse no Brasil talvez até me empenharia em me tornar mais pública e tentaria me conectar com outras blogueiras na área de moda e beleza (eu já tentei fazer isso por email, mas fui ignorada por 99% delas). Já até mesmo tentei me aproximar de blogueiras expatriadas que moram até bem pertinho de mim aqui em Boston, mas elas nunca demonstraram nenhum interesse.

É claro que seria melhor para o blog que ele tivesse links em sites de sucesso. É claro que me ajudaria muito ter sido mencionada no vídeo tal pela blogueira tal, mas enfim, isso nunca aconteceu. Nunca encontrei nenhuma camaradagem na blogosfera tupiniquim. Ninguém me ama, ninguém me quer… sniff (RISOS!)

O fato é que apesar de não fazer parte de nenhuma panelinha, de não ter patrocinadores, de não ter links de afiliados, o PB vai muito bem, obrigada. Poderia estar melhor, claro, mas o blog cresce devido aos seus próprios méritos e conteúdo.

Eu comecei o site em 2008 inspirada pelos blogs de beleza americanos. Eu nunca nem tinha entrado em blog brasileiro até então, mas depois o fiz, pois queria checar minha competição, óbvio. E para mim, sempre ficou muito claro quando a blogueira dava sua própria opinião e quando ela falava bem de um produto só porque estava sendo paga ou porque ganhou o produto de graça.

Eu sempre soube diferenciar, mas aparentemente muitas pessoas não sabem. Então, aqui vai um segredinho de indústria:

Se o post em um blog de beleza contém link do fabricante ou de uma loja do produto mencionado – aquilo é jabá!

Ou seja, se o post tem link a blogueira ganhou o produto de graça para fazer resenha ou foi paga para escrever o post, ou ambos. Agora não há nada de errado nisso, o que há de errado é que as leitores parecem não saber disso. Nos EUA, o FTC passou uma lei em 2009 requerindo que blogueiros identificassem claramente caso o produto mencionado nos artigos ou vídeos tenham sido providos gratuitamente e também  caso sejam afiliados a marca citada ou se foram pagos pela mesma.

Em todos os blogs de beleza e moda americanos, as blogueiras falam no fim do artigo “Este item foi provido pela assessoria da marca para resenhas, etc…” O que é mais interessante é que as blogueiras americanas de mais sucesso, ainda assim expressam suas opiniões reais dos produtos, elas ás vezes expressam insatisfação por um produto que não gostam mesmo tendo-os recebido de graça!

Eu sempre achei blogueira tem que ter a confiança de seus leitores. Eu não tenho medo de meter o pau em um produto que não aprovo e se vocês conhecem o blog sabem que fazemos isso muito! Por isso não temos patrocinadores ou afiliação com nenhuma marca, mas nós recebemos produtos para resenha sim.

Porém, nós não podemos indicar no fim do artigo que nós recebemos este produto de graça, pois a marca ou assessoria não quer que façamos isso! Se o PB começar a fazer isso, as marcas brasileiras não irão mais nos mandar nada. E isso não é justo.

Não é justo pois o PB não ficará por dentro dos lançamentos e novidades e não é justo que tenhamos que pagar por todos os produtos avaliados no site, quando o resto da blogosfera não o faz. Eu não ganho muito dinheiro com o blog. Só ganho mesmo com Google Ads.

Eu fiz um único publieditorial para a Batavo Naturis através da assessoria riot.com.br, que se diz a maior agência de mídias sociais da América Latina com uma pessoa chamada Raoni Casacio e sabe o que aconteceu? Eu levei calote! Escrevi e publiquei o artigo como negociado e eles NUNCA me pagaram! Mandei emails, os procurei e eles me ignoraram…

É muito triste que o Brasil esteja cheio de gente desonesta, mas isso não é único de nosso país, existe muita corrupção e falcatrua nos EUA também, mas eles tendem a ser um pouco mais organizados. Muitas empresas já falaram que não querem associação com o PB pois aqui nós falamos a verdade e não temos medo de criticar, dentre elas Yes e O Boticário e várias outras.

Nós já recebemos jabá e mesmo assim falamos mal deles, como a Sigma, mas eu admiro a marca pois mesmo assim eles ainda se propõem a trabalhar conosco (talvez porque eles lidam com blogueiras em outros países…), mesmo que eu me recuse a ter um banner de afiliados da marca.

Eu tenho ótimos contatos nos EUA e recebo excelentes jabás. Mas eu compro muita coisa para testar no site também. Quando escrevemos os artigos, não escondemos o fato que recebemos certo produto e como disse antes, se você vê um link saiba que é jabá sim, a não ser que a gente especifique no artigo que não é.

As blogueiras brasileiras se vendem por muito pouco… Enchem o blog de banner e escrevem vários artigos para a lojinha da fulana pois receberam um kit da Moroccan Oil e infelizmente, as marcas tiram proveito do fato da blogosfera brasileira ser assim tão desesperada!

As empresas não levam blogs a sério, não os respeitam, não compram espaço publicitário (como é feito no resto do mundo…). Pois eles não precisam! Eles sabem que as blogueiras vão babar ovo e encher a internet de links deles se eles as mandarem um par de esmaltes.

Não que isso seja errado, o errado é a falsidade, a mentira. Eu já me recusei a fazer resenhas e já fiz resenhas negativas de produtos que me mandaram de graça e não gostei. Eu não vendo a minha dignidade por cremes, sapatos e esmaltes, talvez até venderia por alguns milhões de dólares, mas nesse caso eu fecharia o blog!

Se vocês querem saber mais sobre o lado sórdido da blogosfera nacional, chequem o site da Blogueira Shame, você vão rir e chorar ao mesmo tempo! Por fim, vamos fazer nossa parte para que os blogs melhorem de qualidade e o mais importante para que leitores não sejam enganados, quando ler um post de resenha ou dica pergunte nos comentários, inclusive aqui no PB, É jabá?

PB e você por uma blogosfera melhor! RISOS

Maquiadora e cabeleireira nas horas vagas, blogueira e professora de inglês. Adoro o estilo dos anos 60, músicas dos Beatles, Xbox 360, política de esquerda e filmes de terror.

Artigos Relacionados:

O artigo Desonestidade na Blogosfera Brasileira
foi originalmente publicado em http://www.produtosdebeleza.com/desonestidade-na-blogosfera-brasileira.html

Deixe uma resposta