Cover Up: testei a base da Mari Maria, veja o que achei

A base Cover Up faz parte da linha de maquiagem da youtuber Mari Maria. E esse é também o primeiro produto dela que eu testo! Pelo estilo de maquiagem da Mari, achei que não fosse curtir muito essa. Mas…. Bom, continuem lendo o post para descobrir!

Base Cover Up da Mari Maria

Segundo a marca, a base Cover Up promete ser super resistente, com “cobertura incrível” e permite construção de camadas. Além disso, a fórmula é leve e ela promete também uniformizar a pele para um acabamento matte.

Ainda de acordo com a marca, a base ajuda a minimizar a aparência de poros sem acumular. Ela está disponível em 24 tons – os que aparecem nesse post são o MM2 e o MM3, que correspondem ao segundo e terceiro mais claros da gama, respectivamente. Para comparação, uso NW25 na MAC, 10 na base da Niina Secrets e F50 na da Bruna Tavares.

A marca indica também que o produto é hipoalergênico, dermatologicamente testado, oftalmologicamente testado, adequado para todos os tipos de pele, não irritante, sem parabenos e sem perfume. A marca não testa em animais.

O que achei dela?

Confesso que comecei a testar essa base um tanto quanto ressabiada… Quem conhece o estilo de maquiagem da Mari Maria deve saber o porquê. Ela gosta de um rebocão mesmo. Já eu sempre preferi bases mais leves – ultimamente, inclusive, diminui muito o uso de base. Uma combinação de pandemia com meu gosto pelas texturas mais naturais mesmo.

Em cima a cor MM3 e, embaixo, a MM2.

Mas nunca tinha testado nada dela, quem sabe eu não me surpreenderia, né? E me surpreendi, sim. Diria que essa é uma base de cobertura média – mas que pode ser alta se você aplicar mais camadas. Mas mesmo assim consegui fazer ela funcionar para mim do meu jeitinho. Ou seja, hidrato sempre a pele antes, aplico pouco produto e espalho bem usando uma esponjinha úmida.

E não é que gostei? Achei que ela fica bem bonita na pele. Não seca completamente, mas também não fica pegajosa – eu consigo usar sem aplicar pó, por exemplo. Ela é fácil de espalhar e não acumulou em linhas e poros. Transfere um pouco mas nada fora do normal (sempre comento aqui e repito: bora desapegar disso porque maquiagem que não transfere só pra nado sincronizado). Além disso, a cor MM2 funcionou super bem pra mim, sem ficar extremamente amarelada.

Curti bem, viu? Acho que essa, junto com a base da Niina Secrets, são minhas favoritas no quesito base nacional com bom custo-benefício.

Composição

Preço e onde comprar

Dá para achar a base (e os outros produtos da linha dela) em diversas lojas online. Como a Amazon, por exemplo – por lá, inclusive, o frete é grátis para quem é cliente Prime. Nesse caso, você paga R$ 9,90 por mês e tem direito ao catálogo do Prime Video e a diversos produtos com frete grátis (só procurar pelo selinho Prime nas páginas). Eu sou assino há muito tempo e adoro, uso bastante – até para comprar papel higiênico já usei (haha juro!). Quanto à base, ela custa R$ 29,90, que acho um ótimo custo-benefício.

O post Cover Up: testei a base da Mari Maria, veja o que achei apareceu primeiro em Coisas De Diva – Resenhas sinceras e experiências da mulher adulta!.

Deixe uma resposta