Clube da luluzinha: a febre das academias femininas – em Treino na academia

Longe dos olhares masculinos, as mulheres conseguem resultados mais rápidos e focados nos seus objetivos

Reportagem: Monique Zagari Garcia



academias-femininas

Muitas academias femininas também possuem centro de estética, que contam com 

profissionais como cabeleireiros, manicures e depiladoras
Foto: Danilo Borges 

Com o verão cada vez mais perto, a procura pelas academias é cada vez maior, assim como o desejo das mulheres de conquistar o tão sonhado corpinho sarado e vestir aquele biquíni de dar inveja. Agora imagine poder se exercitar em um ambiente exclusivo para mulheres, onde é possível fazer tudo isso sem encanar com o corpo, os olhares masculinos e o que vestir? Esses são alguns dos diferenciais oferecidos pelas academias femininas.

 A proposta desses estabelecimentos é oferecer um espaço em que a mulher possa ficar mais à vontade, sem precisar se preocupar em estar bem arrumada ou maquiada. “As academias femininas permitem que as alunas foquem apenas em suas metas individuais, sejam estas a perda de peso, fortalecimento ou enrijecimento. Outro diferencial são os aparelhos, que são 100% focados na fisiologia feminina”, comenta Tatiana Veloza, gerente de marketing da Curves. O apelo feminino é levado tão a sério que quase todos os profissionais que trabalham nessas redes de academia são mulheres, desde a recepcionista até as professoras


A privacidade aliada ao atendimento acolhedor ainda traz mais benefícios para essas alunas: “Tudo isso resulta em maior rendimento no treino e confere resultados muito mais positivos no corpo e na socialização”, acredita Andrea Yamaguishi, proprietária da Belle&Shape.

A falta de tempo também é um dos motivos que leva o público feminino a optar por esse perfil de academia, já que as aulas duram em torno de 30 a 50 minutos. “O que mais me cativou foi o circuito de apenas meia hora. Não preciso passar duas horas na academia para ficar em forma. Em pouco tempo consigo fazer um treino completo e encaixá-lo todos os dias na minha agenda pra lá de corrida. Além disso, para as tímidas, como eu, é perfeito, já que possui apenas mulheres ao seu redor”, conta Maria Cristina, administradora de empresas e aluna da Curves.

Além de proporcionar exclusividade na hora de malhar, muitas academias femininas também funcionam como centro de estética. Algumas possuem cabeleireiros, depiladoras, manicures e pedicures, designers de sobrancelha e até esteticistas. “Poder contar com todos esses serviços em um só lugar facilita e faz as alunas economizarem bastante tempo”, reforça Andrea. 

 

 

O artigo Clube da luluzinha: a febre das academias femininas – em Treino na academia
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/fitness/fitness/treino-na-academia/clube-da-luluzinha-a-febre-das-academias-femininas/3182

Deixe uma resposta