5 dicas para comprovar a autenticidade dos produtos de luxo – em Mulher de Corpo

Por Kelly Miyazato



Aposte nas dicas para comprovar a
autenticidade de peças de luxo
Foto: Danilo Borges

Ao comprar peças importadas, você costuma ficar em dúvida sobre a autenticidade da peça? Se a sua resposta é positiva, Patricia Niemeyer Sardenberg especialista e fundadora do Etiqueta Única, dá dicas sobre as principais características das marcas mais badaladas do mundo da moda. Confira:

1. As bolsas Prada estão entre as mais difíceis de analisar os detalhes de autenticidade, pois cada estilo possui revestimentos, zíperes e materiais exclusivos. Portanto, é necessário ver a qualidade das ferragens, costuras e detalhes de acabamento;

2. A Chanel tem adesivos de assinatura em holograma que mudaram muito ao longo dos anos. Procure estar sempre atualizada sobre as últimas tendências. Antes da década de 80, as bolsas Chanel não tinham adesivos de holograma ou cartões de autenticidade. Há também outras maneiras de garantir a autenticidade de sua bolsa vintage, como códigos em baixo relevo, selos de autenticidade e alinhamento de patchwork;

3. As autênticas Bottega Veneta possuem zíperes de alta qualidade, costurados para que não haja dobra;

4. A fivela é uma das características mais determinantes para garantir a autenticidade de uma bolsa Balenciaga. Deve ser grossa e arredondada. Além disso, os rebites também devem ser arredondados e não quadrados;

5. As linhas do LV da Louis Vuitton devem estar em linha reta. Além disso, a costura deve ser apertada e uniforme. Verifique também a fonte usada nos códigos internos da peça.

 

*Agradecimentos à Patricia Niemeyer Sardenberg especialista e fundadora do Etiqueta Única.

 

 

 

O artigo 5 dicas para comprovar a autenticidade dos produtos de luxo – em Mulher de Corpo
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/blogs/blogs/mulher-de-corpo/5-dicas-para-comprovar-a-autenticidade-dos-produtos-de-luxo/6589

Deixe uma resposta