10 mitos e verdades sobre os perfumes – em Lança Perfume



Mitos e verdades sobre os perfumes

Sabe qual é o maior mito dos perfumes? O do fixador!
Foto: Danilo Borges

Está na dúvida de qual fragrância combina mais com você? Veja as dicas dos especialistas de O Boticário para acertar na escolha do perfume:

1. Dosagem correta

Evite usar perfume em excesso. É mais fácil reaplicar uma fragrância do que retirá-la, se colocada em excesso. Por isso, redobre os cuidados na hora da aplicação.

2. Onde aplicar

Para aumentar a percepção de perfumação existem pontos estratégicos do corpo para se aplicar um perfume: atrás das orelhas, pescoço e pulso. Esses pontos têm maior irrigação sanguínea e temperatura levemente mais alta, o que permite a evaporação da fragrância de forma mais intensa.
Assim, é mais notada no ar.

3. Como escolher a fragrância certa

Provar é a melhor forma de perceber se o produto combina com a personalidade, emoções, estado de espírito e estilo de vida de quem vai usá-lo. Como cada individuo tem seu próprio cheiro, de acordo com o tipo de pele, transpiração, hábitos alimentares, uso de medicamentos, entre outros fatores, as fragrâncias também podem proporcionar características únicas dependendo de quem está usando.

4. Mulher pode usar perfume masculino?

A utilização de perfumes masculinos por mulheres é mais uma questão de gosto pessoal e adequação com a sua personalidade e estilo de vida. Atualmente, existe uma fusão entre as fragrâncias masculinas e femininas – notas florais têm sido usadas com frequência nos perfumes masculinos e notas amadeiradas são usadas nas femininas – fato que diminui as “distâncias” entre os segmentos de perfumaria.

5. Dá para fixar as fragrâncias?

A existência de fixadores é um dos maiores mitos da perfumaria. O que determina a fixação na pele é a concentração da essência e as matérias-primas utilizadas na composição de um produto e a família olfativa a qual uma fragrância pertence. Notas de vanila, âmbar e madeira são mais duráveis, enquanto os cítricos, que são mais voláteis, evaporam mais rapidamente e duram menos. Tipo de pele e hábitos das pessoas também influenciam na durabilidade de uma fragrância na pele.

6. Existem perfumes que atraem o sexo oposto?

Por ser um meio de comunicação entre as pessoas, um perfume pode ser grande aliado na arte da conquista. Mulheres gostam de homens com fragrâncias que contenham fougéres frescos, que denotam a sensação de um banho recém tomado. As mais ousadas, preferem a sensualidade dos orientais ambarados. Já as clássicas, cedem à sofisticação dos amadeirados. Os homens gostam de mulheres com fragrâncias florais e levemente adocicadas, que demonstram feminilidade. Já os chipres e orientais são uma poderosa arma de  sedução.

7. Como neutralizar o cheiro do perfume

Usar o café para neutralizar o cheiro quando se prova vários produtos é um hábito bem conhecido. Mas, na verdade, o que acontece quando se experimentam várias fragrâncias de uma só vez é uma saturação olfativa. Basta dar um tempo, respirar ar puro e voltar à experimentação. O pó de café tem o mesmo efeito que a mudança de ar.

8. Pode misturar perfume com desodorante ou hidratante?

Misturar aroma de creme corporal, desodorantes, sabonetes com perfumes pode gerar conflito entre
eles. Isso porque cada fragrância é uma composição harmoniosa de vários componentes que têm suas características próprias. Tanto em linhas masculinas como femininas, O Boticário oferece extensões de sua perfumaria, ou seja, sabonete, desodorante, loção de barba, hidratantes com a mesma característica olfativa. Assim o consumidor pode usar diferentes produtos com a mesma fragrância.

9. O que é melhor: frascos ou borrifadores?

 Tanto faz. A diferença está apenas na quantidade e facilidade de aplicação. Borrifadores são mais adequados por evitar o contato do produto com as mãos.

10. Há diferenças entre perfumes importados e nacionais?

A perfumaria nacional utiliza os mesmos recursos e matérias primas dos produtos importados, não deixando nada a desejar em termos de qualidade. Hoje, as fontes de matéria-prima para perfumaria são mundiais. O que difere é a adequação da composição ao hábito e ao gosto de cada público consumidor.

*Fontes:
Marselha Tinelli – gerente de categoria Perfumaria de O Boticário
Cesar Veiga – coordenador do Núcleo de Avaliação de Fragrâncias de O
Boticário

O artigo 10 mitos e verdades sobre os perfumes – em Lança Perfume
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/blogs/blogs/lanca-perfume/10-mitos-e-verdades-sobre-os-perfumes/2873

Deixe uma resposta