"Não tinha a menor chance de ganhar a ‘Fazenda’", diz Ana Paula Renault

Veja, "Não tinha a menor chance de ganhar a ‘Fazenda’", diz Ana Paula Renault confira também tudo o que acontece no BBB13.

Ana Paula Renault falou tudo sobre sua eliminação de “A Fazenda 10” no “Programa do Porchat” de terça-feira (16). A jornalista, que perdeu a Roça da semana passada para Nadja Pessoa e chegou a abandonar o palco do talk show por desavenças com Vida Vlatt, que não a deixava falar, contou o que acha dos peões e analisa que não chegaria ao prêmio do reality show.

“Depois que saí estou entendendo o que está acontecendo no nosso país e fica mais fácil entender as coisas. Eles [telespectadores] querem ver isso, mentira sobre mentira. Eu não tinha certeza que ia ficar. Se eu saí, saí na hora certa. Para mim está muito nítido que não tinha a menor chance de ganhar R$ 1,5 milhão”, confessa.

Mas a ex-BBB voltaria ao confinamento em uma repescagem? “Eu tenho certeza que eu não vou ganhar, vou voltar para que? Eu seria mais uma peça falha lá, mas a gente estuda todas as possibilidades”, diz, explicando sua estratégia de ir para a Roça com a mulher do cantor Vinícius D’Black.

“Foi um jogo muito arriscado. A gente estava com a cabeça muito embaralhada depois que ela voltou com o Sandro [Pedroso]. Achamos: ‘ele é uma múmia, não tem muita torcida’. Ela mentiu várias vezes, passou uma semana e ela voltou, isso ficou martelando na minha cabeça. Alguma coisa estava acontecendo, não podia sair como mentirosa. Deu certo o que eu fiz, eu iria estar fazendo hora extra lá”.

Nadja não será a vencedora, em sua opinião. “Estava claro que ela estava jogando sujo. Acho que ela não vai ganhar, quanto mais tempo e corda derem, mais ela vai se enforcar. Ela está disposta a ganhar passando por cima de tudo e de todos”. Aliás, quando deixar o programa, ela terá de encarar um processo movido pela jornalista.

“Ela tem que entender que está em rede nacional em uma das maiores emissoras do país. Chamar a outra deliberadamente de homofóbica, só para tentar fazer o público ficar contra mim? Homofobia mata, a gente esta em uma época muito conturbada. Ela tem um posicionamento, falou e vai ter que pagar por ele, porque isso é crime.”

As discussões com Evandro Santo não ficaram de fora do papo.  “Ele chamou a Luane de mucama, isso é inadmissível em qualquer época, ainda mais em 2018, com racismo sendo crime, injúria racial também. Não acho legal usar a fragilidade de pessoas para fazer humor. Isso me deixou triste, eu era fã do Evandro”, lamenta.

Ana Paula então soltou sua metralhadora giratória ao analisar os participantes do confinamento. “Mendigata [Fernanda Lacerda] é completamente tapada, não entende as coisas. O Caíque, mais pau mandado do que esse nunca nem vi. A mais fake da casa é a Nadja”.

E continuou. “Nunca vi um gay tão cafona com o Evandro, veste umas coisas que não combinam. ele é cafona de dar dó. Rafael Ilha é traíra, ele pega um fato e faz maledicências para tentar reverter um lado. Quem está dando a cara a tapa e tem chance de ganhar é a Gabi Prado, ela continua falando o que pensa”.

Perlla também foi defendida pela ex-peoa. “Gostaria que enxergassem a Perlla com o olhar melhor. É uma menina de ouro, uma pessoa muito bacana. O Brasil tem a mania de julgar pelo estereótipo, mas ela é uma mãe de família, ama o marido. A sensualidade está dentro dela, a maldade está em quem está enxergando”.

O artigo "Não tinha a menor chance de ganhar a ‘Fazenda’", diz Ana Paula Renault foi originalmente publicado em https://tvefamosos.uol.com.br/noticias/redacao/2018/10/17/nao-tinha-a-menor-chance-de-ganhar-a-fazenda-diz-ana-paula-renault.htm

Deixe uma resposta