Globo diz que prova que deu liderança a Kamilla é válida

Veja, Globo diz que prova que deu liderança a Kamilla é válida confira também tudo o que acontece no BBB13.



Após polêmica na prova do líder de quinta-feira (28), da qual Kamilla saiu campeã, a Central Globo de Comunicação (CGCom) afirmou que a prova foi válida e que não haverá correções.

Em conversa com o UOL, a Central informou que houve apenas a subtração do número zero após a vírgula, durante a contagem no cronômetro, mas que os números voltavam a correr normalmente em seguida. Segundo a empresa, Kamilla foi realmente a mais rápida.

Em sua página no Facebook, a patrocinadora da prova, a Panasonic Brasil, afirmou que os cronômetros utilizados na prova não foram fornecidos pela marca e que já havia entrado em contato com a produção do “BBB13” para averiguar possíveis falhas. Eles se manifestaram após receberam diversas críticas de internautas sobre a validade da disputa.

Entenda a polêmica

Telespectadores do “BBB13” usaram a internet para colocar em dúvida o resultado da prova do líder de quinta-feira. Antes de cravar o tempo de 1,4 divulgado pela produção, é possível ver, em vídeo disponibilizado no site oficial do programa, o cronômetro marcar 1,88 e passar para 1,135 até chegar a 1,4.

Com mais de 1,88 segundo, Kamilla ficaria atrás de Fani e Natália, que fizeram a prova em 1,408, e de Nasser, que completou a tarefa em 1,65, segundo os dados da produção.

Alguns internautas argumentaram que o cronômetro não teria voltado, mas deixado de mostrar uma casa decimal, marcando 1,88 quando seria 1,088.

Eles levantaram também a suspeita de que o tempo correto de Nasser seria 1,065, o que daria a liderança ao gaúcho.

Outros dizem ainda que o cronômetro de Nasser demorou a parar, o que teria prejudicado o participante. Segundo essa versão, ele passa pelo sensor da televisão antes mesmo de 1 segundo.

No vídeo da prova de Nasser, porém, é possível ver que ele pisa no colchão antes de deslizar, o que poderia desclassificá-lo.

A prova

A tarefa, patrocinada por uma marca de aparelhos eletrônicos, exigia explosão e rapidez. Cada brother deveria pegar impulso em uma plataforma e se jogar em um colchão para deslizar até cruzar a tela de uma televisão gigante. Sensores marcavam o tempo no começo e no fim do colchão.

Para a realização da prova, os participantes tiveram de vestir um macacão especial. A ordem de participação foi definida por ordem alfabética, começando por Anamara. Na primeira tentativa, ela pisou no meio do colchão, o que era proibido. Por não ter sido avisada, a baiana ganhou mais uma chance. Na segunda tentativa, a sister deslizou em 2,276 segundos.

Andressa completou a tarefa em 3,46 segundos. Por sua vez, Fani fez em 1,408 segundo. Já Kamilla conseguiu ser mais rápida que Fani e realizou o circuito em apenas 1,4 segundo. Único homem a participar da prova, Nasser cumpriu a prova em 1,65 segundo.

Pela ordem alfabética, Natália foi a última a realizar a prova e levou 1,408 segundo, exatamente o mesmo tempo de Fani.


O artigo Globo diz que prova que deu liderança a Kamilla é válida foi originalmente publicado em http://televisao.uol.com.br/bbb/bbb13/noticias/redacao/2013/03/01/globo-diz-que-prova-que-deu-lideranca-a-kamilla-e-valida.htm

Deixe uma resposta