"Falta de respeito", diz Roberto Carlos sobre regravação tocada no "BBB13"

Veja, "Falta de respeito", diz Roberto Carlos sobre regravação tocada no "BBB13" confira também tudo o que acontece no BBB13.



  • Alex Palarea/AgNews


    Roberto Carlos comenta sucesso de "Esse Cara Sou Eu" durante evento de lançamento da nona edição do cruzeiro "Emoções em Alto Mar"

    Roberto Carlos comenta sucesso de “Esse Cara Sou Eu” durante evento de lançamento da nona edição do cruzeiro “Emoções em Alto Mar”

Durante evento para jornalistas realizado neste domingo (27) no navio Costa Favolosa ancorado no Rio de Janeiro, o cantor Roberto Carlos comentou a proibição que fez ao reality show “BBB 13” para não usar regravações de “Esse Cara Sou Eu”. No último dia 15, o programa exibiu um clipe de Dhomini, que teve como música-tema a canção, só que interpretada pela banda Aviões do Forró.

“Não tenho nenhuma restrição de a música ser tocada. O que peço é que para antes de alguém gravar peça autorização nossa. Não é o momento de a música ser regravada por nenhum outro artista. Depois vou autorizar. Regravar a gente ainda não está autorizando. Tem gente que está gravando a música e acho falta de respeito”, disse.

Reunido com repórteres para falar sobre a nona edição do cruzeiro musical “Emoções em Alto Mar”, o Roberto Carlos afirmou que se surpreendeu com o sucesso da música-tema de Théo, papel interpretado por Rodrigo Lombardi na novela “Salve Jorge”. “A gente sempre acredita naquilo que está fazendo. Mas a música se tornou um sucesso maior do que imaginava, sinceramente”, disse o cantor.

O Rei disse que o fato de a canção estar na trama das nove da Globo também ajudou a dar uma alavancada no sucesso com o público. “Agradeço muito à Glória Perez (autora do folhetim). A música estar incluída na novela dá uma força muito grande”, opinou ele, que deu a seguinte resposta quando questionado se é “o cara” da música. “Esse cara é o cara que tento ser”, disse, aos risos.

O cantor afirmou achar maravilhosa a repercussão da música, especialmente com os públicos jovem e infantil. “Estou super contente com o resultado dessa música em todas as faixas de idade. Crianças me dizem: ‘você é o cara!'”, contou ele, despistando quando questionado se o assédio do público feminino aumentou. “As pessoas têm reagido muito bem à música e brincam que sou o cara. É o que disse antes: tento ser esse cara”.

“Mulher gosta de proteção masculina”
Roberto Carlos explicou como foi o processo de composição da música e revelou que se inspirou “no cara que toda mulher gostaria de ter e no cara que todo homem gostaria de ser”. “Partindo desse princípio, pensei no cara forte, protetor, amoroso. E isso agrada as mulheres. Mulher gosta de homem assim”, disse o cantor, aproveitando para citar a atriz Luana Piovani. “A Luana disse que, por mais independente que a mulher seja, ela sempre gosta de proteção masculina”.

Questionado sobre o que uma mulher precisa ter para dizer “essa mulher sou eu” para ele, o cantor ficou sem graça. “Não estava esperando por essa pergunta. Essa coisa é muito difícil de estabelecer. A gente ama o que vê, o que sente. Ela tem que ser simplesmente ela. E a gente buscar tudo o que ela tem para oferecer do jeito dela. Tem que ser romântica, muito amorosa e com personalidade”, definiu.

Quando abordado se está namorando, o Rei tentou se esquivar, mas acabou entregando. “Não estou namorando não”, disse ele, brincando quando questionado se pelo menos tem beijado muito na boca. “Não dá para viver sem isso e sem sorvete”, afirmou, rindo. 

O Rei também falou sobre sua relação com a internet e confessou que não é um expert no mundo virtual. “Uso mais quando preciso. Não sou muito de navegar. Não sou um craque no assunto, mas hoje em dia é difícil viver sem tudo isso”, contou. 

Cantor lamenta tragédia em Santa Maria
O Rei também comentou sobre a tragédia que deixou centenas de mortos nesta madrugada devido ao incêndio na boate Kiss, em Santa Maria (RS). “É lamentável o que aconteceu. Todos nós estamos comovidos. Quero aproveitar e mandar minha solidariedade e meus sentimentos aos pais desses jovens que morreram”, afirmou. 

Roberto Carlos contou que se considera um sonhador. E adiantou projetos para o ano de 2013. “Vou fazer um show em Porto Alegre, em abril. E quero continuar fazendo o que faço. Quero fazer um disco em espanhol, um disco com remix e um disco com dez músicas. Ainda quero fazer uma canção de amor que não fiz. Sempre quero fazer uma que fale ainda mais do que já falei sobre o amor”, adiantou.


O artigo "Falta de respeito", diz Roberto Carlos sobre regravação tocada no "BBB13" foi originalmente publicado em http://musica.uol.com.br/noticias/redacao/2013/01/27/falta-de-respeito-diz-roberto-carlos-sobre-regravacao-tocada-no-bbb13.htm

Deixe uma resposta