Volte à infância: subir em árvores turbina a memória – em Mulher de Corpo

Além de fazer bem para o corpo, atividades de propriocepção, como subir em árvores e praticar treino funcional, também turbinam a memória em até 50%. Saiba como

Texto Ana Paula de Araujo



Subir em árvores turbina a memória

Quer turbinar a memória? Suba em árvores, corra descalça e pratique treino funcional

Foto: Christian Parente

Lembra quando você era criança e adorava subir em árvores? Segundo um estudo do departamento de psicologia da Universidade da Flórida do Norte (EUA), essa atividade e outras também classificadas como de propriocepção dinâmica – que treina a percepção do posicionamento e do corpo por meio de movimentos – turbinam a memória. Com apenas algumas horas de prática, a capacidade de processar informações, chamada de memória de trabalho, já melhora, de acordo com a pesquisa.

Para chegar a essa conclusão, os estudiosos testaram a memória de adultos de 18 a 59 anos. Depois, aplicaram atividades que trabalham a propriocepção dinâmica, como subir em árvores, caminhar e engatinhar em um espaço estreito e correr descalço. Depois de duas horas, os participantes foram testados novamente. Assim, descobriu-se que a capacidade da memória de trabalho melhorou em incríveis 50%.

Além de subir em árvores, outras modalidades de propriocepção dinâmica, como treino funcional, também trazem estes benefícios. 

O artigo Volte à infância: subir em árvores turbina a memória – em Mulher de Corpo
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/blogs/blogs/mulher-de-corpo/volte-a-infancia-subir-em-arvores-turbina-a-memoria/9149

Deixe uma resposta