Veja alguns preparos indispensáveis para sua consulta ao ginecologista

Veja a matéria completa sobre Veja alguns preparos indispensáveis para sua consulta ao ginecologista e fique por dentro de como cuidar da sua saúde.


Saiba como tornar sua consulta com o ginecologista menos desconfortável seguindo algumas recomendações

Shutterstock/Divulgação

A ida ao ginecologista nem sempre é uma atividade prazerosa. Para muitas mulheres, o dia da consulta é temido, muitas vezes, por conta da insegurança, timidez e até dúvidas de como se preparar. Mas o certo é que a visita deve ser feita pelo menos uma vez por ano, desde a puberdade.

Leia também: Tudo sobre os cuidados com a região íntima feminina

Para tornar a consulta com o ginecologista mais tranquila e proveitosa, existem algumas recomendações de preparos que podem ajudar a ter um momento menos desconfortável com o médico, segundo o ginecologista
de São Paulo Gustavo de Paula Pereira. Confira as dicas.

Agendar a consulta fora do período menstrual 

Algumas pacientes ficam em dúvida quanto a esse ponto. O ideal é marcar sempre antes ou depois desse período, para não dificultar o exame. “A presença do sangramento menstrual pode impossibilitar a coleta de alguns exames, além o exame físico pode ser mais desconfortável, pois os órgãos genitais e as mamas estão mais sensíveis neste período”, explica Pereira.

A depilação pode ser dispensável

Não é preciso depilar só porque tem consulta marcada. “Os pelos ajudam na manutenção do ambiente vaginal normal, além disso, sua presença não atrapalha em nada o exame ginecológico”, conta o médico.

Nada de cremes ou lubrificantes vaginais nos três dias que antecedem a consulta 

O especialista explica que os cremes causam alteração nos exames. Em casos de tratamentos que pedem o uso desses produtos, é melhor aguardar até três dias para comparecer a consulta.

Leia também: Higiene íntima feminina: como fazer

Evite ter relações sexuais três dias antes

O problema nesses casos é que o esperma e o lubrificante do preservativo alteram o ambiente vaginal, fazendo com que a análise de alguns exames que necessitam de coleta de material vaginal seja impedida.

Esqueça a ducha vaginal

Aliás, este procedimento não é recomendado em nenhuma situação! A prática também pode prejudicar exames como o de Papanicolau.  

Esvazie a bexiga antes do exame ginecológico e tente ficar relaxada

Pode ser difícil, mas estar com a bexiga vazia e tentar descontrair o quadril no momento da consulta ajuda muito durante o exame, segundo Pereira. “O espéculo que é utilizado para examinar a mulher se torna muito mais desconfortável se a musculatura pélvica estiver contraída e a bexiga cheia.”

Confie em seu médico e não tenha vergonha de falar tudo que estiver sentindo 

A relação médico-paciente deve, acima de tudo, ser baseada em confiança. Se preferir, reflita antes da consulta e anote todas as suas dúvidas, questionamentos e leve para que seu médico responda. “Ele é a fonte mais segura e confiável para que todas as suas dúvidas sejam esclarecidas e te ajude a resolver seus problemas de saúde íntima”, completou o médico.

Leia também: 10 atitudes que causam corrimento vaginal

O artigo Veja alguns preparos indispensáveis para sua consulta ao ginecologista foi originalmente publicado em http://saude.ig.com.br/saude.ig.com.br/2017-04-12/como-se-preparar-para-ir-ao-ginecologista.html

Deixe uma resposta