Tire suas dúvidas sobre a terapia da psicanálise – em Mulher de Corpo

A ideia da psicanálise é que o paciente entenda o que acontece dentro de si mesmo e descubra a melhor forma de agir. Saiba tudo sobre a terapia

Texto Diego Benine | Edição Paula Lima | Adaptação Ana Paula Ferreira



A ideia da psicanálise é que o paciente entenda o que acontece dentro de si mesmo 

Foto Shutterstock

Antes de mais nada, é bom que se diga: terapia não é coisa de louco. “Qualquer pessoa que se sinta perdida ou insatisfeita com suas escolhas em algum momento da vida pode procurar um psicanalista ou psicoterapeuta e iniciar um processo de autoconhecimento”, diz a psiquiatra e psicanalista Helena Masseo de Castro, membro da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo. 

Desde que o neurologista austríaco Sigmund Freud (1856-1939)  elaborou a chamada “cura pela fala”, criou-se uma enorme variedade de tratamentos baseados nesse princípio, entre eles a psicanálise.

Um dos princípios da terapia criada por Freud é a associação livre – você pode conversar sobre qualquer assunto com o analista. Ele, por sua vez, ajuda a interpretar as informações, para identificar bloqueios emocionais, traumas, medos e inibições. 

A ideia da psicanálise é que o paciente entenda o que acontece dentro de si mesmo e descubra a melhor forma de agir. O divã é usado porque impede a troca de olhares – evitando, assim, a busca por aprovação ou outras reações no rosto do terapeuta. O tratamento se dá em sessões de 50 minutos cada uma e pode durar anos. É um processo caro: o valor médio de cada encontro é R$ 300. Mas se trata de um investimento para a vida toda, pois o paciente amadurece emocionalmente e ganha qualidade de vida.

Quer conferir mais dicas de saúde e bem-estar? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

O artigo Tire suas dúvidas sobre a terapia da psicanálise – em Mulher de Corpo
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/blogs/blogs/mulher-de-corpo/tire-suas-duvidas-sobre-a-terapia-da-psicanalise/11100

Deixe uma resposta