Tenho uma pinta na pele, devo removê-la? Especialista responde – em Mulher de Corpo

Ter algumas pintas espalhadas pelo corpo é normal. Contudo, algumas merecem atenção especial. Saiba quando removê-las

Texto Luciana Hruby | Adaptação Ana Paula de Araujo



Quando remover uma pinta na pele?

Quando remover uma pinta na pele?

Foto: Danilo Borges

ABCD das pintas

Essas quatro letras são os parâmetros considerados pela Sociedade Brasileira de Dermatologia para identificar alterações nas pintas, que podem evoluir de inofensivas para o câncer de pele. “Se elas forem assimétricas (metades desiguais), apresentarem bordas irregulares, cores misturadas ou assumirem um diâmetro maior que seis milímetros, está na hora de ir a um médico para avaliar a necessidade de removê-las”, alerta Tatiana Yumi Ogihara, dermatologista (RJ).

Vale lembrar que as pintas podem surgir em qualquer área do corpo, principalmente naquelas que estão mais expostas ao sol, como braços, mãos, rosto e colo.

Revista Corpo a Corpo | Ed. 304

O artigo Tenho uma pinta na pele, devo removê-la? Especialista responde – em Mulher de Corpo
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/blogs/blogs/mulher-de-corpo/tenho-uma-pinta-na-pele-devo-removela-especialista-responde/9159

Deixe uma resposta