Tendinite, eu? Saiba se o seu celular está causando o incômodo e evite – em Mulher de Corpo

Passar o dia inteiro grudada no celular é um fator de risco e tanto para desenvolver tendinite. Saiba se esse é o seu caso e fuja!

Texto Amanda Nicácio | Edição Cáren Nakashima| Adaptação Ana Paula de Araujo



Abuso de celular pode causar tendinite
Abuso de celular pode causar tendinite
Foto: Shutterstock

WhatsApp daqui, Snapchat ali… se você não vive sem o celular, saiba que corre, sim, risco de desenvolver tendinite. Segundo Sebastião Radominski, reumatologista (SP), membro da Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR), o número de pessoas que desenvolve a tendinite devido ao uso do smartphone só aumenta. “Ele vem desempenhando o papel do computador no dia a dia”, explica.

O agravante é que o polegar possui a anatomia oponente aos outros dedos, ou seja, ele funciona quando está oposto ao indicador, por exemplo. Porém, os celulares estão cada vez mais finos e os polegares forçadamente ficam posicionados na lateral do indicador, o que afeta a articulação e pode desencadear a rizartrose, que é o desgaste da cartilagem da base do polegar.

Ainda não existe um limite de tempo de uso do celular, mas tenha bom senso e dê um break quando perceber que está abusando. Se o seu bom senso não é confiável, silencie os grupos do Whatsapp no meio do dia, desinstale o chat do Facebook e comprometa-se a conversar apenas o essencial – ou a enviar mensagens de voz.

Revista Corpo a Corpo | Ed. 318

O artigo Tendinite, eu? Saiba se o seu celular está causando o incômodo e evite – em Mulher de Corpo
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/blogs/blogs/mulher-de-corpo/tendinite-eu-saiba-se-o-seu-celular-esta-causando-o-incomodo-e-evite/9097

Deixe uma resposta