Saiba os cuidados especiais para cada formato de corpo – em Dieta de emergência

O corpo humano pode ser dividido em retangular, triângulo invertido, ampulheta, maçã e pera. Saiba quais são os cuidados mais indicados para cada formato e mantenha a saúde e as curvas em dia!

Texto Leonardo Valle | Edição Isabela Leal | Fotos Shutterstock | Adaptação web Ana Paula Ferreira

Uma pesquisa da Universidade de Oxford, na Inglaterra, descobriu que pessoas que estocam pneuzinhos na linha da cintura são mais propensas a ter ácidos graxos no sangue, no fígado e nos músculos. Além de estimular doenças cardíacas, tal gordura também contribui para o desenvolvimento de diabetes do tipo 2. “Em linhas gerais, a propensão a desordens metabólicas se deve ao fato do tecido adiposo secretar substâncias pró-inflamatórias que aumentam a resistência à insulina. Esse hormônio controla a concentração de glicose no sangue e diversas funções bioquímicas das células”, resume Ricardo Zanuto, nutricionista e fisiologista, de São Paulo (SP).

Lipídeo do mal

O corpo humano pode ser dividido em retangular, triângulo invertido, ampulheta, maçã e pera. Infelizmente, o formato é culpa dos genes. Pesquisadores da Universidade Leiden Medical Center, na Holanda, encontraram pelo menos 13 fatores genéticos que ajudam a determinar se um corpo será do tipo pera ou maçã. Já o excesso de gordura é fruto de uma alimentação desequilibrada e pode ser prevenido. “Além do acúmulo superficial, temos a gordura visceral. Ela é mais perigosa, pois se acumula entre o fígado e as alças intestinais. Ela é consequência de um excesso de calorias ingerido ao longo dos anos, principalmente dos carboidratos simples, como pães, massas, doces, refrigerantes e álcool”, adverte Tamara Mazaracki, nutróloga, do Rio de Janeiro (RJ).

Abaixo, saiba quais são as indicações de profissionais para cuidar de cada formato de corpo!

Retangular: quadril e ombros na mesma largura

“Este perfil tem poucas curvas e a gordura tende a se distribuir de maneira equilibrada pelo corpo”, explica Natana dos Santos, nutricionista, de São Paulo (SP).

→ Aposte na aveia 
Ela contém tanto fibras solúveis (que ajudam a excretar o colesterol ruim) quanto insolúveis  (que estimulam o trânsito intestinal). “O farelo também reduz a velocidade de absorção dos carboidratos, evitando picos de insulina, que aumenta os estoques viscerais”, destaca Ricardo Zanuto. Consuma duas colheres (sopa) por dia.


→ Pratique musculação 
O treino aumenta a massa magra e ajuda a esculpir curvas na silhueta reta. Invista em séries de dez repetições e não exagere nos exercícios aeróbicos, que devem ser realizados duas vezes por semana

Pera: quadril e coxas mais gordinhos 

“A pessoa tende a desencadear alterações circulatórias e hormonais. São comuns dores nas pernas e inchaço”, contrapõe Natana dos Santos.

→ Beba chá de hibisco
“Ele é um grande mobilizador da gordura localizada. Além disso, também ajuda a eliminar as toxinas acumuladas no tecido adiposo e a melhorar a retenção de líquidos, que é comum neste biótipo”, indica Fernanda Vaz,  nutricionista da Nutclinic, do Rio de Janeiro (RJ). Consuma até quatro xícaras por dia.

→ Foque no circuito
O objetivo é eliminar os estoques de gordura nas áreas das coxas e dos glúteos.  Para isso, alterne dois ou três exercícios de musculação com uma atividade na esteira. Esta última pode ser substituída por step, corda ou bicicleta para potencializar os resultados.

Não acabou por aqui, não! Se você também quer conferir os cuidados ideais para os outros formatos de corpo, basta garantir a edição 343 da Corpo a Corpo! Então corra para a banca ou adquira a sua CORPO aqui → https://goo.gl/6bhe3r

O artigo Saiba os cuidados especiais para cada formato de corpo – em Dieta de emergência
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/dieta/dieta/dieta-de-emergencia/saiba-os-cuidados-especiais-para-cada-formato-de-corpo/11961

Deixe uma resposta