Óleo Mineral – É bom ou Ruim?

A matéria Óleo Mineral – É bom ou Ruim? você lê em detalhes aqui, ou confira mais notícias sobre Moda, Saúde e Beleza em Produtos de Beleza.

Mais um dia, mais um mito a ser desbancado pelo PB. Vocês não têm ideia das quantidade de informações errôneas que se propagam como fogo de palha pela internet sem nenhum fundamento ou embasamento, e assim mitos absurdos insistem em não morrer. Isso me irrita profundamente, chega até a me enfurecer!!

A leitora Andressa me soltou a seguinte pérola no artigo onde falei da máscara capilar da TREsemmé: “Como que pode ser essa coisa toda boa, se contém derivados do petróleo?” – Por que derivados de petróleo viraram mosntros de repente? O que as pessoas acham, que derivados de petróleo vão poluir o cabelo, assim como polui os mares e a atmosfera? Será que as pessoas vêem as imagens dos pássaros e focas cobertos naquela gosma preta após os desastres ambientais e acham que isso vai acontecer com seus cabelos ao usarem derivados de petróleo?

Se é isso que passa pela sua cabeça, fique tranquila, isso nunca vai acontecer com os seus cabelos ou pele ao usar óleo mineral. Santa ignorância, minha gente! Mas vamos ver os fatos, a ciência por trás do ingredientes e os argumentos sanos que vão certamente convencer qualquer pessoa sensata que óleo mineral e outros derivados de petróleo (silicones) são seus aliados e não seus inimigos.

petroleo nao e oleo mineralEm primeiro lugar, quero dizer que eu sinto o maior desprezo por corporações que exploram e devastam a natureza e os consumidores por troca de lucros exorbitantes e sim amo animais e me corta o coração vê-los sofrendo por qualquer razão. Pelo amor de tudo quanto é sagrado, não pense que estou defendendo a Shell ou fazendo propaganda para a Petrobrás ou Texaco simplesmente por estar defendendo o uso cosmético do óleo mineral, que é muito diferente de petróleo! Era só o que me faltava!

Mitos Sobre o Óleo Mineral

  • Pode ser carcinogênico – isso me lembrou de uma piadinha que vi hoje mesmo: Nariz entupido/ Pesquisa na net, Web MD/ Câncer! Gente de acordo com a internet tudo dá câncer, isso pode até ter algum fundo de verdade, pois tecnicamente, se você está vivo, você tem chance de desenvolver câncer e a poluição, os pesticidas, mercúrio, etc certamente não ajudam, mas peraí, nada de entrar em pânico! Mas vamos ao que interessa, há derivados de petróleo, como os compostos policíclicos aromáticos, que têm componentes carcinogênicos, mas o óleo mineral usado em cosméticos é refinado e purificado e sua qualidade é controlada pelo FDA, pelo ANVISA e outros órgãos internacionais. Óleo mineral cosmético não causa câncer e há vários testes e pesquisas que provam isso.
  • Causa envelhecimento precoce da pele – na verdade é o contrário: óleo mineral age como uma barreira entre a pele e o ar e previne que a água saia da pele, sendo assim, hidrata a pele e minimiza a aparência ds rugas.
  • Retira as vitaminas da pele – não existe nenhuma evidência científica que prove que óleo mineral afeta o nível de vitaminas na pele.
  • Interrompe a absorção de colágeno através da pele – a pele não absorve colágeno existente em cremes e sérums, a pele produz colágeno com a ajuda de vitamina C e outros componentes, sendo assim, óleo mineral não interfere nesse processo.
  • Causa Acne– em casos raros, a acne pode piorar com o uso de óleo de mineral, mas para a grande maioria, óleo mineral não causa ou piora acne.

Óleo mineral é um dos melhores e mais funcionais ingredientes para a pele e cabelo – químicos e cosmetólogos membros da Sociedade de Química Cosmética sabem disso e você também deveria saber!

Benefícios do Óleo Mineral para os Cabelos

  1. A capacidade de hidratação do óleo mineral é maior do que a do óleo de coco.
  2. Óleo mineral fica sobre a cutícula dos fios e não é absorvido pelo córtex.
  3. É o melhor ingrediente para diminuir frizz.
  4. É o melhor ingrediente para a proteção térmica, pois forma uma barreira segura sobre os fios.
  5. É o melhor ingrediente para a definição de cachos, pois óleo mineral mantém a adesão capilar entre as fibras capilares, pois ele fica sempre sobre as cutículas dos fios.
  6. Óleo mineral, assim como o óleo de coco, é um óleo insolúvel, mas é facilmente removido dos fios com o uso de shampoos, inclusive shampoos sem sulfato.

Se eu faço co-wash, low poo ou no-poo, posso usar óleo mineral?

SIM! O uso de óleo mineral está liberado para quem usa shampoos sem sulfatos, eles lavam o cabelo muito bem, mesmo sem fazer espuma e como o óleo mineral só fica na superfície dos fios, é facilmente removido. Se você opta por no-poo, use óleo mineral no cabelo úmidos para que não fique muito pesado. Condicionadores e leave-ins que contêm óleo mineral podem ser usado sem problemas.

Eu sei que muita gente vai querer discutir comigo, me debater, bater perna, arrancar os cabelos e insistir que óleo mineral é sim um grande vilão que acaba com os cabelos e pele. Mas não adianta, a ciência está do meu lado e sim, eu só uso shampoo sem sulfato e uso também óleo mineral em vários produtos, como condicionadores, sérums e leave-ins, sem nenhum sequer probleminha. Vamos ser racionais, minha gente, quando entendemos como funcionam os ingredientes, não caímos em contos de vigário ou modinha da internet. Informação é TUDO!

O artigo Óleo Mineral – É bom ou Ruim? foi originalmente publicado em http://www.produtosdebeleza.com/oleo-mineral-e-bom-ou-ruim.html

Deixe uma resposta