‘Obesidade matou meu filho’, lamenta mãe de adolescente

Veja a matéria completa sobre ‘Obesidade matou meu filho’, lamenta mãe de adolescente e fique por dentro de como cuidar da sua saúde.

BBC

Satish e Shaun conviveram durante apenas quatro anos e jovem já tinha hábito de comer junk food

BBC

O britânico Shaun Appleby morreu no dia 26 de fevereiro, devido à síndrome da morte súbita de adultos. O detalhe é que Shaun tinha apenas 18 anos.

Segundo a mãe do adolescente, Satish, ele estava acima do peso, era viciado em junk food e passava até 12 horas por dia jogando no computador.

Os médicos disseram a Satish que a obesidade de Shaun foi um dos fatores que contribuíram para sua morte.

“Fui acordá-lo (no quarto dele) e ele estava frio, morto”, disse Satish em entrevista à BBC.

“Ele estava com excesso de peso, não (estava) obeso, na minha opinião. Ele estava com 92 quilos, um metro e 87 centímetros. Mas o médico disse que o dano já tinha sido feito quando ele estava com 14, 15 anos.”

Leia também: Como a obesidade afeta o corpo

Segundo a mãe de Shaun, o filho tinha até emagrecido um pouco antes de morrer: mais de doze quilos.

Satish afirma que fez parte da vida do filho apenas nos últimos quatro anos, antes ele morava com o pai.

“Shaun era a minha vida nos últimos quatro anos: nós trabalhávamos juntos, ele ia nadar uma vez por semana e este era o único exercício que ele fazia.”

>> MAIS: 40 dicas certeiras para emagrecer 2kg

1 - Monte um bom prato de salada antes de partir para a comida quente. Assim, você estará mais saciada quando for se servir dos alimentos mais calóricos. Foto: Getty Images2 - Tem um amigo que precisa emagrecer? Forme dupla, assim um incentiva o outro nos dias de preguiça. Foto: Thinkstock3 - Tenha calma para comer. Não faça suas refeições de pé ou em frente à televisão. Sente-se em um local tranquilo e faça desse um momento de prazer. Foto: Thinkstock/Getty Images4 - Adeus, farinha! Corte alimentos que contenham esse ingrediente, porque ela transforma-se rapidamente em gordura no corpo. Ou, troque os alimentos com farinha branca pelos integrais!. Foto: Getty Images5 - Pratique esportes. Para quem tem dificuldade em aderir ao treino da academia, esporte é uma ótima opção. Além de trazer mais motivação, você vai pensar duas vezes antes de desfalcar o time. Foto: Getty Images6 – Durma bem e em quantidade suficiente para descansar. Diversos estudos já relacionaram a falta de descanso adequado ao excesso de peso. Foto: Thinkstock/Getty Images7 – Escove os dentes logo após a refeição. O hábito, além de garantir uma boca saudável, evita aquela vontade de comer um docinho. Foto: Thinkstock/Getty Images8 – Na hora de comer, que tal trocar o prato comum pelo de sobremesa? A falta de espaço vai obrigá-lo a comer menos. Foto: Getty Images9 – Prefira alimentos frescos. Ao abandonar os industrializados, você reduz a quantidade de gordura e de sódio, retendo menos líquido. E ainda tem a vantagem de se alimentar de forma mais saudável . Foto: Thinkstock/Getty Images10 – Troque o frito pelo assado, você reduz as calorias em um terço só com essa mudança no preparo no alimento. Foto: Divulgação11 – Sai o refrigerante, entra a água. Substituir a bebida calórica e cheia de açúcar pela água economiza até 150 calorias. Foto: Getty Images12 – Reduza o consumo de bebidas alcóolicas. Além de fazerem mal à saúde, elas não têm nutrientes. Foto: Getty Images13 – Faça lanches entre as refeições. Comer de 3h em 3h acelera o metabolismo e evita que você coma demais. Foto: Getty Images14 – Troque o elevador pela escada diariamente. A mudança pode significar um aumento de 15% no seu gasto calórico (dependendo de quantos andares você tem de subir). Foto: Getty Images 15 – Inscreva-se em corridas, maratonas, torneios e o que mais e encontrar. Ninguém gosta de ficar em último lugar, portanto, é bem provável que você se empenhe mais. Foto: Thinkstock/Getty Images16 - À noite, no jantar, prefira alimentos light. Assim, você não dorme de barriga muito cheia e evita que os alimentos se acumulem e virem pneuzinhos. Foto: Thinkstock/Getty Images17 – Integral é a melhor opção. Troque a massa branca por essa variedade. As fibras ajudam no trânsito intestinal e dão sensação de saciedade por mais tempo. Foto: Getty Images18 – Aposte nos alimentos naturais que ajudam a emagrecer como a linhaça, chia, quinoa e ração humana. Foto: Getty Images19 – Apimente a refeição. A pimenta vermelha realmente ajuda a acelerar o metabolismo, basta acrescentar duas colheres de chá na sua comida. Foto: Getty Images20 – Troque a dieta pela reeducação alimentar. Os especialistas garantem que quem faz dieta tem mais tendência a oscilações de peso, mas quem opta pela reeducação permanece magro. Foto: Getty Images21 - Aprenda a dizer não. Os psicólogos já sabem: engolir sapo pesa na balança. Foto: Getty Images22 – Mexa-se mais. Faça um parte do percursso a pé ou de bicicleta para o trabalho. Apenas 30 minutos de atividade por dia para sair do sedentarismo. Foto: Thinkstock/Getty Images23 – Não deixe de tomar café da manhã. Quem começa o dia com uma alimentação mais equilibrada tende a seguir os mesmos passos nas demais refeições. Foto: Thinkstock/Getty Images24 – Faça um blog e relate sua batalha contra os quilos a mais. A escrita, além de ajudar a desabafar, pode contribuir para que você perceba o quanto anda comendo. Foto: Getty Images25 – Vai sair com os amigos? Faça opções lights no barzinho trocando o chopp por um suco, e a batata-frita por peixe assado. Foto: Thinkstock/Getty Images26 – Evite feijão, repolho, couve-flor e pimentão. Esses alimentos formam gases e podem dar “aquela barriguinha”. Foto: Getty Images27 – Controle seus sentimentos. Quando se sentir ansiosa ou triste, tente não descontar no chocolate. Foto: Getty Images28 – Desnatado, por favor! Troque o leite integral pelo desnatado e economize nas calorias. A dica também é válida para iogurtes. Foto: Getty Images29 – Brócolis ajuda a emagrecer. Como? Ele tem poucas calorias e é rico em antioxidante, que combate as gorduras. Foto: Thinkstock/Getty Images30 – Faça dieta pelo menos dois dias da semana. Se está difícil seguir o plano alimentar a semana inteira, escolha pelo menos dois dias para cortar as calorias. Nesses, consuma o mínimo de gordura, zero de fritura ou doces e corte o refrigerante. Foto: Getty Images31 – Aveia. Esses flocos são poderosos aliados para quem quer emagrecer. . Foto: Getty Images32 – Não deixe de comer esse ou aquele grupo alimentar. Carboidrato é tão importante como a proteína e gordura (mas aquela do bem!). O prato ideal mistura todos os grupos alimentares de maneira equilibrada. Foto: Thinkstock/Getty Images33 – Tem um cachorro em casa? Saia para passear com ele todo dia, pelo menos 15 minutos. Os dois vão entrar em forma. Foto: Getty Images34 – Mantenha a saúde em dia. Controle os níveis de hormônios e evite que qualquer disfunção possa atrapalhar seu emagrecimento. Foto: Thinkstock Photos35 – Não faça exercícios de barriga vazia! Sem combustível suficiente para o esforço, a queima de calorias sofrem redução. Foto: iG São Paulo36 – Faça 30 minutos diários de atividade física, pode ser uma caminhada, por exemplo, que tal?. Foto: Thinkstock/Getty Images37 - Planeje um passeio no fim de semana. Pode ser a pé, de bicicleta ou patins. Além de espairecer, você estará se exercitando e perdendo gordurinhas. Foto: Thinkstock38 – Morrendo de vontade de comer um chocolate? A melhor hora para o doce é depois do almoço. Segundo os especialistas, ele se mistura com os outros ingredientes e seu efeito é menor. Foto: Getty Images39 – Verduras escuras como rúcula e espinafre contém uma quantidade significativa de fibras e ajudam na saciedade. Foto: Getty Images40 – Adeus, queijo amarelo! Risque da sua lista o tipo prato, gorgonzola, provolone e cheddar e aposte no queijo cottage e na ricota. Foto: Thinkstock/Getty Images

“Ele ficou muito animado com computadores (e o jogo) Minecraft, ele tinha amigos australianos e americanos”, acrescentou.

O problema, para a mãe do jovem, é que esta era a única vida que Shaun tinha: comer demais e ficar trancado no quarto, no computador. Quando ele começou a fazer mudanças, sua saúde mudou.

“Quando a vida dele começou a mudar, ele perdeu peso, ia encontrar uma namorada, fazia a barba. Foi neste momento em que ele morreu e isso foi muito chocante para mim”, afirmou Satish.

Controle

Para a mãe do jovem, a morte de Shaun poderia ter sido evitada.

“Se ele tivesse sido controlado quando era mais jovem, ele não teria morrido”, afirmou.

Satish afirmou que deveria ter mandado o filho para um acampamento especializado, com treinamento pesado e disciplina, quando ele ainda tinha dez anos, mas ela afirma que ainda “não fazia parte da vida dele, ele vivia com o pai”.

Veja ainda: Eles venceram a obesidade e revelam os segredos

Quando eles finalmente começaram a viver juntos, a relação teve um começo “difícil”.

“Ele era um pouco violento comigo, me empurrava”, admitiu Satish.

Até que eles chegaram a um acordo: como Satish era fumante, o filho propôs que ela parasse de fumar e então ele pararia de comer junk food.

Ela conseguiu parar de fumar, mas o filho não conseguiu desistir do próprio vício, apesar da mudança de atitude da mãe.

“Eu controlava (o consumo de) junk food. Fiquei muito mais severa, eu racionava a comida dele”, afirmou.

Satish disse que é preciso haver o controle da alimentação dos filhos desde muito cedo e também é preciso prestar atenção aos problemas dos filhos.

“Ele sofria bullying na escola, ele se escondia atrás do computador”, afirmou.

A mãe do adolescente ainda está muito abalada com a morte de Shaun.

“Não quero que meu pior inimigo passe pelo que passei, eu só queria acordá-lo quando ele já estava morto e frio. Até agora eu tremo quando lembro”, disse Satish.

Continue lendo:
Obesidade praticamente dobrou no mundo em 30 anos
Exercícios ajudam a combater efeitos do gene da obesidade

O artigo ‘Obesidade matou meu filho’, lamenta mãe de adolescente foi originalmente publicado em http://ig.saude.feedsportal.com/c/33518/f/637141/s/4634415b/sc/19/l/0Lsaude0Big0N0Bbr0Cminhasaude0C20A150E0A50E110Cobesidade0Ematou0Emeu0Efilho0Elamenta0Emae0Ede0Eadolescente0Bhtml/story01.htm

Deixe uma resposta