Noz e amendoim reduzem risco de morte por doenças neurodegenerativas e diabetes

Veja a matéria completa sobre Noz e amendoim reduzem risco de morte por doenças neurodegenerativas e diabetes e fique por dentro de como cuidar da sua saúde.

Nozes e amendoins prolongam a vida. O melhor é que basta comer cerca de 10 a 15 gramas por dia para ver reduzir 23% do risco de morte prematura, como verificou um estudo da Universidade de Maastricht, publicado no periódico International Journal of Epidemiology. 

Noz e amendoim diminuíram em 30% o risco de morte por diabetes

Getty Images

A pesquisa se concentrou em 120 mil de pessoas de 55 a 69 anos, que em 1986 foram forneceram informações sobre dieta e estilo de vida. Depois disso, foram analisadas as taxas de mortalidade dos participantes da pesquisa nos 10 anos sucessivos. Foi possível observar que o risco de morte prematura, devido a câncer, diabetes, doenças respiratórias e neurodegenerativas eram menores entre os que comiam nozes e amendoins. 

Observou-se uma queda de mortalidade para todas as doenças, particularmente 45% para as doenças neurodegenerativas, 39% para as respiratórias e 30% para o diabetes.

>> MAIS: Alimentos poderosos no combate ao câncer

Abacate: rico em ácidos-graxos poli-insaturados e em vitaminas do grupo B, essenciais no combate ao câncer . Foto: Getty ImagesA abobrinha é rica em carotenoides, substâncias potentes contra o câncer. Foto: Getty ImagesO agrião contém compostos índoles, conhecidos por sua capacidade anticancerígena. Foto: Getty ImagesA alcachofra contém inulina, um prebiótico importante contra o aparecimento de câncer do trato gastronintestinal. Foto: Getty ImagesO alho é rico em compostos sulfurados, que inibe o metabolismo da célula cancerosa. Foto: Getty ImagesComposto em sua maioria de ácidos-graxos, o azeite é rico em ômega-3, importante antioxidante e, por isso, anticancerígeno. Foto: Getty Imagesx. Foto: Getty ImagesAlém de ácidos-graxos, a azeitona verde contém ácidos fenólicos, poderosos antioxidantes. Foto: Getty ImagesA beterraba contém antocianinas, um flavonoide antioxidante e anticancerígeno . Foto: Getty ImagesO brócolis tem folato, que tem propriedade anticancerígena. Foto: Getty ImagesA cebola branca contém selênio, rico em antioxidantes e, portanto, anticancerígeno. Foto: Getty ImagesA uva contém polifenóis, entre eles o resveratrol, que protege as células dos danos oxidativos causados pelos radicais livres. Foto: Getty ImagesA semente de girassol é rica em proteína e fibra, essa última um poderoso anticancerígeno. Foto: Getty ImagesA salsa é rica em vitamina C e cálcio, que evitam a proliferação dos radicais livres . Foto: Getty ImagesO tofu contém fitoestrogênios, que interferem no crescimento do câncer, principalmente o de mama. Foto: Getty ImagesA rúcula é uma ótima fonte de quercetina e carotenoides, poderosos antioxidantes e anticancerígenos. Foto: Getty ImagesA romã contém elagitaninos, poderosos antioxidantes - logo, um anticancerígeno natural. Foto: Getty ImagesA quinoa, grão originário dos andes e rico em proteínas, contém também fibras insolúveis, que protegem contra o câncer. Foto: Getty ImagesPimentão tem bioflavonoides, agentes antioxidantes . Foto: Getty ImagesA pimenta contém piperina, substância com ação anti-inflamatória, que inibe o crescimento do câncer. Foto: ThinkstockA melancia tem licopeno, um antioxidante que pode reduzir o risco de câncer. Foto: Getty ImagesO pão integral é rico em fibras, capazes de diminuir as chances de desenvolver câncer de intestino. Foto: Thinkstock/Getty ImagesO mel é rico em enzimas antioxidantes, potentes contra o câncer. Foto: Getty ImagesO kiwi tem luteína, substância com propriedades antioxidantes e, portanto, anticancerígena. Foto: Getty ImagesA maçã contém quercetina, um flavonóide potente contra o câncer. Foto: Getty ImagesA lentilha é uma ótima fonte de proteína vegetal e um poderoso anticancerígeno. Foto: Getty ImagesAlém de antisséptico, a menta é uma ótima fonte de antioxidantes. Foto: Getty ImagesAs nozes contêm ômega-3. Esse ácido-graxo é eficaz na proteção contra o câncer . Foto: Getty ImagesO ovo é rico em zeaxantina e luteína, dois importantes antioxidantes, que evitam a doença. Foto: Thinkstock/Getty ImagesO gengibre tem um alto teor de vitamina C, que é capaz de levar as células cancerígenas à morte. Foto: Getty ImagesA cúrcuma contém curcumina, substância anti-inflamatória e antioxidante. Foto: Getty ImagesA couve-flor é rica em compostos índoles, que protege contra o surgimento de câncer, principalmente de mama. Foto: Getty ImagesAssim como a couve-flor, a couve-manteiga contém compostos índoles, que protegem contra o câncer. Foto: Getty ImagesO chá verde contém epigalocatequina, um composto semelhante aos flavonóides, que ajuda na prevenção do câncer . Foto: Getty Images

“Uma queda substancial de mortalidade acontece com o consumo de 15 gramas de nozes ou amendoins”, disse Piet van den Brandt, coordenador do estudo. 

As nozes contêm ácidos graxos mono e poliinsaturados, várias vitaminas, fibras, antioxidantes e outros compostos bioativos. A manteiga de amendoim, ao contrário, não traz nenhum benefício pois é rica em sal e gordura trans. 

Os pesquisadores levaram em consideração também o fator atenuante representado do fato que os consumidores de nozes e amendoins comem mais frutas e verduras, e que as mulheres que se nutrem de fruta seca são mais magras. 

Leia mais notícias de alimentação e bem-estar

O artigo Noz e amendoim reduzem risco de morte por doenças neurodegenerativas e diabetes foi originalmente publicado em http://ig.saude.feedsportal.com/c/33518/f/637141/s/47d33ee8/sc/24/l/0Lsaude0Big0N0Bbr0Calimentacao0Ebemestar0C20A150E0A70E0A40Cnoz0Ee0Eamendoim0Ereduzem0Erisco0Ede0Emorte0Epor0Edoencas0Eneurodegenerativas0Ee0Ediabetes0Bhtml/story01.htm

Deixe uma resposta