Médicos esquecem metal de 30 centímetros dentro do corpo de uma mulher no Canadá

Veja a matéria completa sobre Médicos esquecem metal de 30 centímetros dentro do corpo de uma mulher no Canadá e fique por dentro de como cuidar da sua saúde.


Depois de realizar uma cirurgia, médicos de hospital canadense esqueceram uma lâmina de metal dentro de uma mulher

Reprodução/Twitter Daybreak Montreal

A paciente Sylvie Dube, diagnosticada com câncer nos ovários, precisava de uma cirurgia para a retirada do útero como parte do seu tratamento. Então, no começo do ano, Dube deu entrada no Hospital Notre-Dame, em Montreal, no Canadá, para que o procedimento pudesse ser realizado. Ela só não poderia imaginar que, durante a cirurgia, os médicos esqueceriam uma lâmina de metal dentro do seu corpo.

Leia também: Mulher retira tumor de quase 10 quilos da perna

De acordo com o portal “Toronto Sun”, a canadense descobriu a doença em outubro do ano passado, e passou por sessões de quimioterapia até o mês de março, quando realizou a cirurgia e acabou com um pedaço de metal
no abdome.

Depois da operação, Dube percebeu que algo estava errado quando sentiu fortes dores na região dos ombros. Mas, ao relatar seu desconforto aos médicos e enfermeiros, foi informada que uma histerectomia – procedimento para a retirada do útero – pode causar dores ao longo de todo o corpo.

A equipe do hospital receitou alguns anti-inflamatórios para a mulher, que seguiu todas as recomendações, porém, não percebeu nenhuma melhora. Na realidade, as dores pioraram e, uma semana depois, ela resolveu voltar ao hospital.

No pronto socorro do centro médico, um raio-x, enfim, revelou o problema no corpo de Dube. “Eles me contaram: ‘nós vemos uma lâmina de 30 centímetros no seu estômago’”, a paciente narrou.

Alguns dias depois, a placa foi retirada em um novo procedimento cirúrgico, mas o caso ganhou notoriedade na mídia e se tornou um problema nacional de saúde no  Canadá
.

Leia também: Não era só gripe: mulher vai a hospital e descobre pedra de quase 1 kg na bexiga

Repercusões legais do caso

Preocupado com o escândalo, o Ministro da Saúde da província de Quebec, Gaetan Barrette, declarou, segundo o mesmo portal canadense, que o caso de Dube foi causado por um erro humano e que as pessoas não devem perder a confiança no sistema de saúde
local. 

De acordo com Barrette, não é possível garantir que nenhum erro será cometido, e situações como esta provam que problemas, como o da lâmina de metal, podem acontecer.

Leia também: Peter Pan da vida real: conheça o jovem que não envelhece

O artigo Médicos esquecem metal de 30 centímetros dentro do corpo de uma mulher no Canadá foi originalmente publicado em http://saude.ig.com.br/saude.ig.com.br/2017-06-29/metal-utero.html

Deixe uma resposta