Ingredientes Tóxicos em Cosméticos – Formol

A matéria Ingredientes Tóxicos em Cosméticos – Formol você lê em detalhes aqui, ou confira mais notícias sobre Moda, Saúde e Beleza em Produtos de Beleza.

Recebi a seguinte mensagem no Facebook da leitora Flávia:

“Oie Ju, tudo bom? Sempre acompanho o PB. Queria pedir uma ajuda e consequentemente sugerir um post. Eu uso o shampoo infantil Johnson amarelinho como pre-shampoo. Porém a formula dele aqui no Brasil tem quartenium-15 e eu ouvi dizer que esse componente é cancerígeno. E só usado no shampoo Johnson do Brasil. Sera que você poderia fazer um post falando disso? Creio que ajudaria muitas pessoas até mesmo mães que usam em seus filhos e não sabem. Beij’ão”

Obrigada pela mensagem, Fla e vocês já devem saber que no PB, as leitoras sempre contribuem com ideias para posts e geralmente pedidos são atendidos. Então vamos lá, vamos falar um pouco desse tal quartenium-15 e do ingrediente por ele liberado, o tão temido formol. O formol acaba sendo o bi-produto da maioria dos conservantes artificiais usados na indústria cosmética e a lista é longa. Todos podem ser prejudiciais à saúde.

  • Formol – muito já se foi falado sobre este ingrediente que é muito usado como conservante em cosméticos. Ele pode causar câncer caso a exposição à ele seja duradoura e em altas quantidades, os maiores problemas associados ao formol é que ele pode causar alergias, inflamação, dermatite atópica, asma e irritação mucosa.
  • Quartenium-15 – usado como conservante, libera formol e portanto pode causar os problemas citados acima. É muito comum em shampoos, inclusive shampoos para crianças. É considerado um potente alergênico e é o principal causador de dermatite atópica.
  • DMDM Hydantoin – conservante comum usado em shampoos, condicionadores e produtos para a pele. Também libera formol e pode causar todos os males listados acima.
  • Uréia Imidazolidinyl – conservante que libera formol (diferente de uréia que libera nitrogênio), pode causar os problemas citados acima.
  • Uréia Diazolidinyl – conservante que libera formol (diferente de uréia que libera nitrogênio), pode causar os problemas citados acima.
  • Bronopol – libera formol e também nitrosaminas, potenciais carcinogénicos.

fonte: http://web.vccs.edu/ehost/pdfviewer/

Ok, a lista acima é sim assustadora! E o fato de que ingredientes estão presentes em produtos infantis, uau, que absurdo! Porém, não há tanto motivo para pânico.Vamos por partes, sim a marca Johnson & Johnson usa quartenium-15 em seus shampoo infantis, mas não é somente no Brasil. A marca já aboliu o ingrediente em alguns países, mas ele ainda é usado globalmente, inclusive nos EUA. A empresa prometeu em 2012 que deixaria de usar o ingrediente tóxico completamente, mas isso ainda não foi feito.

A alegação que formol pode causar câncer só é válida se a exposição ao formol for abundante e prolongada. Um estudo feito pela OSHA (Occupational Safety and Hazard Administration), uma organização que afere e gerencia riscos trabalhistas nos EUA, avaliou as consequências da exposição ao formol em 100 mil pessoas e concluiu que existe um possível risco de câncer das vias respiratórias não estatísticamente significativo, em caso de exposição a grandes quantidades de formol, por 8 horas por dia, vários dias por semana, ao longo de vários anos.

fontes: Michigan Department of Licensing and Regulatory Affairs; Michigan Occupational Safety & Health Administration; Consultation Education & Training Division

A pele não é capaz de absorver grandes quantidades de formol, que em contato com a derme não chega a ser sintetizado e não cai na corrente sanguínea. Até mesmo o bronopol, quando analisado em detalhe, foi considerado não-carcinogênico pela TOXNET.

fonte: http://toxnet.nlm.nih.gov/cgi-bin/sis/search/a?dbs+hsdb:@term+@DOCNO+7195

Já não aguento mais essa coisa de que tudo causa câncer! Na internet, o que não faltam são clamas exageradas de que praticamente tudo em existência pode te prejudicar e por mais que eu tente ser sensata e ponderada, não dá para escapar da realidade: sim, estamos expostos desnecessariamente à substâncias tóxicas e perigosas. Porém temos também que considerar que não há motivo para pânico. O grande risco da nossa exposição ao formol em cosméticos é o risco de alergias e dermatite atópica e não câncer.

80% dos cosméticos no mercado contém ingredientes que podem causar alergias, irregularidades hormonais e até mesmo câncer. Se vocês pensam que a indústria não vai colocar em risco a população para simplesmente economizar alguns centavos, não iluda-se, corporações infelizmente, só querem saber de lucros imediatos, a sua saúde não entra na lista de prioridades daqueles que estão no poder.

Não quero começar com teorias de conspiração ou gerar histeria, não sou do tipo paranóica. No entanto, nessa era onde informações fluem livremente, temos o direito e a obrigação de sabermos o que consumimos.

Conclusão – Acho importante evitar que formol entre em contato com a pele, especialmente no caso de crianças, pelo fato dele poder causar alergias. Formol em escovas progressivas pode ser prejudicial aos profissionais que as aplicam que acabam se expondo à altas quantidades da substância, o risco para quem faz o uso esporádico, é bem menor. É considerado mínimo e praticamente inexistente,o risco de desenvolvimento de câncer devido a exposição tópica em pequenas quantidades (como as usadas em cosméticos) de formol.

Cuidado com o que você lê pela internet, não acredite nem mesmo no que eu estou te dizendo este momento, descubra a verdade por você mesmo. Procure por várias fontes, informe-se de maneira inteligente e sempre olhe os dois lados da moeda.

O artigo Ingredientes Tóxicos em Cosméticos – Formol foi originalmente publicado em http://www.produtosdebeleza.com/ingredientes-toxicos-em-cosmeticos-formol.html

Deixe uma resposta