Há mais registros de casos de câncer do que casamentos, diz estudo

Veja a matéria completa sobre Há mais registros de casos de câncer do que casamentos, diz estudo e fique por dentro de como cuidar da sua saúde.


Pesquisa quer chamar atenção para o número de casos de câncer e como as pessoas devem encarar a doença

shutterstock

Quantas pessoas que você conhece já foram diagnosticadas com câncer? De acordo com uma pesquisa feita por uma organização britânica, a doença é tão comum que há mais casos da enfermidade registrados do que casamentos oficializados no Reino Unido.

Leia também: Áreas sem registros de Zika podem ser alvos de novos surtos, diz pesquisa

Segundo a instituição de caridade Macmillan Cancer Support, o câncer
se tornou mais popular do que atividades que costumavam ser encaradas como naturais para o ciclo da vida, como a chegada do primeiro filho para as mulheres. Isso porque a análise apurou que houve mais de 362 mil casos da doença diagnosticados em 2014 do que os casamentos consumados, com pouco menos de 300 mil registros e aproximadamente 270 mil nascimentos de bebês para mamães de primeira viagem.

A organização resolveu coletar os dados para destacar que, apesar de muito frequente
, as pessoas ainda não estão preparadas para o diagnóstico. Principalmente por conta de outro dado importante revelado pelo levantamento, que aponta que muitos adultos desenvolvem a doença no auge da vida, antes de atingirem 65 anos.

Entre 2006 e 2015, havia cerca de 1,2 milhão de diagnósticos entre os menores de 65 anos. Isso inclui 343 mil casos em adultos nas casas dos 20, 30 e 40 anos, conforme conclui a pesquisa.

Leia também: STF irá julgar em plenário ação que pede descriminalização da maconha

Medo

A instituição de caridade também realizou uma pesquisa com 2 mil adultos que admitiram que o câncer ainda é a doença mais temida antes de qualquer coisa.

Entre eles, 37% dos entrevistados classificaram a enfermidade como a pior, enquanto 27% acreditam ser Alzheimer a condição mais cruel e 7% têm mais medo de sofrer acidentes vasculares cerebrais. Outros 10% afirmam que o câncer era seu maior medo, vencendo até mesmo o pavorr da perda de um ente querido ou  atentado terrorista.

Para a presidente executiva da organização, Lynda Thomas, “como mais e mais pessoas estão sendo diagnosticadas com câncer, é importante que todos estejamos mais bem informados sobre o que esperar das nossas vidas, caso recebamos esta notícia chocante”.

Ela ainda completa afirmando que o câncer quase sempre está mudando a vida, mas nem sempre isso está relacionado à morte. “A vida com câncer ainda é vida. Você ainda é um pai, uma irmã, um avô, um amigo”, ressaltou Lynda.

Câncer x casamento

A ideia de colocar a comparação com casamento tem relação com chamar a atenção do público para obter mais informações sobre a prevenção da doença, que, na maioria dos tipos, envolve uma alimentação saudável, prática de exercícios físicos, manter a mente tranquila, ir regularmente ao médico e evitar vícios como uso de bebidas alcoólicas e cigarro.

Um dos motivos que explicam que o número de casos da doença tem aumentado constantemente é relacionado à expectativa de vida. Muitas pessoas estão vivendo até a velhice, quando a incidência da doença é mais comum.

E, ao mesmo tempo, a quantidade de casamentos oficializados também caiu nos últimos anos, já que muitos casais decidiram não registrar a união. “Essas estatísticas não significam, necessariamente, que os britânicos são mais propensos a desenvolver câncer do que se casar”, reforçam a entidade.

Com o intuito de chamar atenção para o fato da doença ser mais frequente, a pesquisa ainda informa que as projeções mais recentes sugerem que cerca de um em cada dois adultos será diagnosticado com a condição em algum momento da vida.

A boa notícia é que com a doença se tornando cada vez mais popular, os pesquisadores estão otimistas de que, em breve, os tipos de tumor apresentarão mais chances de cura.

Atualmente, cerca de 50% dos pacientes podem contar com, pelo menos, mais dez anos após o diagnóstico para serem curados. No mês passado, uma notícia ainda mais esperançosa revelou que a Sociedade Americana de Oncologia Clínica prevê que 75% dos pacientes com câncer serão curados na próxima década.

Leia também: Ministério da Saúde afirma que vai continuar utilizando remédio chinês

O artigo Há mais registros de casos de câncer do que casamentos, diz estudo foi originalmente publicado em http://saude.ig.com.br/saude.ig.com.br/2017-07-10/cancer-casamentos.html

Deixe uma resposta