Franja x espinhas: entenda porque o novo corte contribui para o aparecimento de acne na região da testa – em Corte

Sentiu que as espinhas na sua testa aumentaram depois de adotar a franja? Entenda por que isso acontece!

Por Juliana Vaz | Adaptação Ana Paula Ferreira



Marconis Soares, hairstylist do Marcos Proença Cabeleireiros,

dá a dica de qual corte é melhor para adotar a franja curta

Foto Shutterstock

Notou que após o corte com franja as espinhas na sua testa aumentaram?  Não é coincidência. “A haste do fio é coberta por uma camada de secreção sebácea natural, e ao ficar em contato com a pele, como no caso da franja, transfere essa oleosidade para a tez, entupindo os poros e facilitando o surgimento de cravos e espinhas”, explica Natalia Cymrot, dermatologista, de São Paulo (SP). 

“Leave-in, óleos finalizadores e outros produtos de styling não são totalmente absorvidos pelos fios, deixando resíduos que, em contato com a pele oleosa, pioram o quadro de acne”, diz a médica. Quer um visual mais moderninho?  Aposte nas faixas de cabelo e tiaras, em alta na estação.

Dica

“Se você é fã do corte, desfie um pouco a franja para que ela acompanhe o movimento do cabelo e não fique tão proeminente sobre a testa”, Marconis Soares, hairstylist do Marcos Proença Cabeleireiros.

Quer conferir mais dicas de cuidados de beleza? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

O artigo Franja x espinhas: entenda porque o novo corte contribui para o aparecimento de acne na região da testa – em Corte
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/cabelos/cabelo/corte/franja-x-espinhas-entenda-porque-o-novo-corte-contribui-para-o-aparecimento-de-acne-na-regiao-da-testa/11525

Deixe uma resposta