Dicas para uma alimentação saudável no Inverno – em Nutrição

O consumo de sopas calóricas e até a ingestão de pouca água podem detonar a sua dieta durante o Inverno. Especialista revela dicas para manter uma alimentação saudável na estação mais fria do ano

Por Nathália Henrique 



Dicas para uma alimentação saudável no Inverno

Foto: Danilo Borges

Uma das causas para as pessoas sentirem mais fome no Inverno e ingerirem alimentos mais calóricos, é a necessidade do organismo em elevar a temperatura corporal e neutralizar a diferença climática. De acordo com a consultora nutricional da Vitaminas Sundown Naturals, Gabriela Forte, evitar os picos de fome pode ser uma medida para não causar excesso de calorias nos dias mais frios. “Quanto mais se consegue manter a frequência das refeições para controlar os picos de fomes intensas melhor será o controle de compulsões fora dos planejamentos alimentares”, diz.

Alguns erros comuns nessa estação como deixar de consumir saladas e frutas, diminuir a ingestão de água e incluir ingredientes calóricos na alimentação podem resultar em uma rotina não favorável ao corpo. Por isso, a nutricionista explica como optar por medidas que beneficiem o organismo. 

 


 

As sopas são quentinhas, mas nem sempre saudáveis

O prato preferido da estação pode enganar quando o assunto é saúde. “Normalmente, os caldos levam muito queijo, farinha de trigo e amido de milho para alcançarem a consistência cremosa”, conta Gabriela. Por isso, a nutricionista recomenda que a escolha seja de receitas que tenham como base a batata, mandioca, mandioquinha, cenoura ou caldos como o feijão.  Outras preparações saudáveis que levem lecitina de soja, creme de aveia e quinoa também contribuem para que o cardápio fique mais saudável, menos calórico, e ao mesmo tempo mantenha o sabor.

Saladas e frutas, sempre! 

Mesmo que sejam frescas, as frutas, verduras e legumes não podem ser riscados da rotina alimentar nessa época do ano. Segundo Gabriela, as opções quentes são uma forma de continuar ingerindo esses alimentos mesmo no frio, afinal, são nutrientes que contribuem na prevenção de sintomas comuns nesse período: “Além de serem ricas em fibras, as frutas e hortaliças são fontes de minerais e vitaminas, o que é importante para contribuir para o bom funcionamento do sistema imunológico e auxiliar na prevenção de doenças comuns do inverno: gripe, resfriado e problemas respiratórios”, diz. Gabriela conta que untar uma frigideira com óleo de coco e utilizar a criatividade em preparações de frutas como, a banana ou maçã que podem ser aquecidas e salpicadas com canela. O abacaxi também pode ser grelhado e coberto com raspas de limão.  Já os legumes como a abobrinha, berinjela e cenoura podem ser refogados e temperados com ervas finas. 

Não deixe de ingerir água

Normalmente por causa do tempo frio a tendência é a diminuição da quantidade de água necessária ao organismo. Por isso, para ajudar a preencher o nível que o corpo precisa, Gabriela diz que os chás podem contribuir. Mas ela afirma que a água não pode ser substituída e que deve estar sempre presente na rotina alimentar.Além disso, deve haver o cuidado com as ervas utilizadas na elaboração dos chás. “A opção do consumo de chás nesta época do ano precisa ser muito bem-feita, porque fatores patológicos devem ser levados em consideração”, explica. Segundo a nutricionista, esse consumo deve estar em uma ou no máximo duas refeições do dia, deixando o restante para a ingestão de água e sucos naturais. 

O artigo Dicas para uma alimentação saudável no Inverno – em Nutrição
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/dieta/dieta/nutricao/dicas-para-uma-alimentacao-saudavel-no-inverno/8652

Deixe uma resposta