Conheça a importância de ter uma boa noite de sono – em Cuidados com o corpo

Dormir bem não cura só o sono perdido na balada da noite passada! Ter uma boa noite de sono é garantia do bom e melhor funcionamento do nosso corpo

 

Reportagem: Monique Zagari Garcia



beneficios-noite-bem-dormida

A insônia pode causar envelhecimento precoce e eleva o

risco de infarto e derrame cerebral
Foto: Danilo Borges 

Com a correria do dia a dia, às vezes se torna raro ter uma boa noite de sono. Os motivos podem ser vários: insônia, falta de tempo, problemas respiratórios… Mas o denominador é comum para todos: dormir é uma necessidade fisiológica que, quando não atendida, pode trazer resultados nada saudáveis para a vida do ser humano.

Segundo o neurologista Dr. Leandro Teles (SP), quem dorme bem tem melhor capacidade de concentração, memória, raciocínio mais rápido e é mentalmente mais eficiente. O sono adequado melhora o humor, reduz a ansiedade e melhora o vigor para as atividades diurnas. O Dr. José Antonio Pinto, otorrinolaringologista do Hospital São Camilo, completa que o bom sono melhora também as funções endócrina, metabólica, cardiovascular, muscular, hormonal (já que de noite acontece a produção de hormônios como o do crescimento e o da saciedade), a pressão fica mais equilibrada e a frequência cardíaca se estabiliza com o repouso.


Fisioterapeuta do Hospital Israelita Albert Einstein (SP), Carolina Daurea explica que o sono se divide basicamente em duas importantes fases com características distintas: REM (rapid eye movements; movimento rápido dos olhos) e não REM. “O sono NREM possui três subfases: N1: início do sono, estágio de transição, N2: sono superficial, N3: estágio onde ocorre a secreção e liberação de diversos hormônios – é o período de sono mais profundo. Tal fase é responsável pela restauração física do indivíduo. Já o sono REM é a fase onde ocorrem os sonhos e está mais relacionada a restauração das funções cognitivas.

Estamos acostumados a ouvir que oito horas de sono é o tempo ideal para que consigamos repor nossas energias; mas nem sempre é assim que funciona. Carolina Daurea esclarece que a quantidade de horas de sono ideal é uma variação individual. “Algumas pessoas conhecidas por curto dormidores precisam de no máximo 6 horas de sono por noite. Os longo dormidores tem a necessidade mínima de 9 horas, e os indiferentes, que são a maioria da população, dormem em média de 7 a 8 horas por dia. Vale lembrar que mais importante que a quantidade é a qualidade desse sono”, explica.

O artigo Conheça a importância de ter uma boa noite de sono – em Cuidados com o corpo
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/corpo-e-rosto/corpo-e-rosto/cuidados-com-o-corpo/conheca-a-importancia-de-ter-uma-boa-noite-de-sono/2903

Deixe uma resposta