Conheça 5 novas power modalidades de pilates e seus benefícios – em Treino sob medida

Os novos pilates se mantiveram fiéis ao método original, mas trouxeram o melhor de outros esportes para turbinar suas curvas, saúde e desempenho. Conheça-os!

Texto e adaptação Ana Araujo



Os novos pilates turbinam as curvas, saúde e desempenho

Os novos pilates turbinam as curvas, saúde e desempenho!

Foto: Shutterstock

Eles se mantiveram fiéis ao método original, mas buscaram referências em outros esportes para trazer o melhor de vários mundos à modalidade. Conheça as os novos pilates!

Neopilates

Criado em 2010 pela fisioterapeuta Amanda Braz, de Santa Catarina, traz conceitos do treino funcional e das artes circenses. Até o slackline e a lira – aquele círculo suspenso do circo – entram em cena!

É bom porque: tem exercícios mais intensos, divertidos e desafiadores e inclui aeróbicos, chegando a queimar 500 calorias por aula.

Contraindicado para: pode ser praticado por todos, uma vez que o método é adaptado a cada aluno, podendo ser usado até em reabilitações.



Aero pilates

O espanhol Rafael Martínez, autor do método, incorporou elementos da ioga. Tem como estrela o columpio, uma espécie de balanço feito com tecido e cordas que permite a execução de exercícios suspensos – quanto mais alto o ajuste, maior a dificuldade.

É bom porque: proporciona ganho de força e equilíbrio e dá aquele gás na definição dos músculos. Por ser suspenso, não tem impacto nas articulações.

Contraindicado para: quem sofre com disfunções de equilíbrio, como labirintite, hipertensão e doenças cardíacas.

Gravity pilates

Como o nome indica, a criação da educadora física Simone Albano (conheça sua história aqui), de São Paulo, conta com a gravidade como resistência para potencializar os exercícios. Acrescentou-se também o conceito de treino periodizado, assim como ocorre na musculação, e descanso ativo entre as séries.

É bom porque: pede agilidade entre um movimento e outro, turbinando o condicionamento, e permite o aumento de intensidade e carga, proporcionando o ganho de músculos, emagrecimento e consciência corporal.

Contraindicado para: gestantes.

Pilates acrobático

“Usa os equipamentos originais, especialmente o cadillac, mas com menor base de apoio. Quanto menor ela for, mais acrobático será o exercício”, esclarece Eliane Coutinho, pós-doutoranda em Pilates e fundadora da Fisiociência Pilates, de São Paulo.

É bom porque: além da adrenalina, exige grande trabalho dos músculos, sendo ótimo para ganho de força e definição, especialmente de membros superiores.

Contraindicado para: quem sofre com disfunções de lombar e ombro e para quem está em fase de reabilitação.

Power pilates

Considerado uma atividade aeróbica, envolve movimentos do Mat Pilates (solo) feitos rapidamente e sem intervalo algum. Em média, são emendados 32 exercícios ao longo dos 50 minutos de aula.

É bom porque: é extremamente dinâmico e perfeito para quem quer emagrecer, pois o ritmo non stop torra até 450 calorias por aula.

Contraindicado para: iniciantes, pessoas com lesões, instabilidade na região lombo-pélvica e com problemas na coluna e ombro em fase aguda.

RevistaCorpo a Corpo | Ed. 329

Assine já a CORPO e garanta 6 meses grátis de outro título

O artigo Conheça 5 novas power modalidades de pilates e seus benefícios – em Treino sob medida
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/fitness/fitness/treino-sob-medida/conheca-5-novas-power-modalidades-de-pilates-e-seus-beneficios/10356

Deixe uma resposta