Pomada, mousse, leave-in, reparador de pontas, sérum… Entenda pra que servem os produtos finalizadores e como usá-los nos cabelos

Reportagem: Carla Festucci



finalizadores de cabelos

Os produtos finalizadores deixam os cabelos com uma

aparência saudável

Foto: Danilo Borges

Os finalizadores de cabelos foram criados para deixar os fios ainda mais lindos e com aspecto de “acordei assim”. Entre eles estão a pomada, a mousse, o leave-in, o reparador de pontas e o sérum. Todos esses finalizadores dão apecto de bem tratados aos cabelos e uma forcinha extra ao xampu e ao condicionador no quesito aparência saudável, já que o sonho de 11 em cada 10 mulheres é ter cabelos bem cuidados, com brilho, sem frizz nem pontas duplas.

Mas se forem usados de maneira errada, os finalizadores de cabelos podem ter efeito contrário e deixar nos fios um visual sujo e mal tratado. Para não deixar dúvidas, a Corpo a Corpo selecionou esses 5 finalizadores e contou com a ajuda do hair stylist Jomas Lázaro, do salão de beleza Fino Capelli (RJ), que explicou pra que servem esses produtos, como e quando usá-los nos cabelos. Tome nota e não erre mais!


Pomada

Para as mulheres modernas, a pomada veio para ficar. Ela cria um efeito mais natural do que o gel, pois deixa os cabelos menos duros e com efeito seco. Ideal para cortes curtos e para dar acabamento nas pontas dos médios e longos, a pomada se destaca por sua praticidade. “O produto possui ‘efeito memória’, ou seja, você consegue pentear os cabelos várias vezes sem precisar aplicá-lo novamente”, conta Jomas Lázaro.

Segundo ele, é preciso ter cuidado com os excessos para não parecer que o cabelo está “ensebado’. Outra dica é aplicar o produto longe do couro cabeludo e, se o uso for frequente, usar uma vez por semana um xampu anti-resíduos. “Particularmente, gosto das pomadas mais duras e que tenham menos aspecto de oleosidade. O produto deve ser fosco”, indica o expert.

Leave-in

Trata-se de um creme para pentear. “O nome leave-in significa ‘deixar no’. As empresas adotaram esse nome por uma questão comercial, nada mais”, conta Jomas Lázaro. Para saber qual usar, o importante, segundo o expert, é observar principalmente a necessidade de cada cabelo. “Hoje temos leave-in para todos os tipos de cabelo, seja colorido, ressecado, volumoso, quimicamente tratado…”.

Quanto à aplicação, sua forma de uso pode variar. Normalmente o leave-in é aplicado nos cabelos ainda úmidos, penteando os fios em seguida como de costume. “Mas é muito importante observar o que cada fabricante recomenda na sua aplicação”, salienta o hair stylist.


Mousse

O produto é indicado para todos os tipos de cabelos e usado basicamente para modelar e fixar o penteado. A mousse é ideal para quem gosta de colocar bobes e uma arma indispensável para quem tem pouco cabelo ou não tem muito volume. Deve ser aplicado nos cabelos ainda úmidos, penteando os fios em seguida, como de costume.

Segundo Jomas, algumas pessoas questionam o por quê de a mousse parar de sair do frasco quando ainda há muito produto. “Esse problema se dá porque o frasco deve ser colocado de cabeça para baixo e não inclinado, pois caso contrário, o gás sai mais do que o produto, e se o gás acabar primeiro o produto para de sair”, explica o hair stylist.

Reparador de pontas

De origem mineral, o produto parece um óleo e é um ótimo aliado dos cabelos quando o assunto é acabar com o frizz. “É importante lembrar, contudo, que o reparador de pontas não trata as pontas duplas, ele simplesmente as ‘camufla’, e o mesmo faz com o frizz. Após lavar os cabelos eles voltam a aparecer”, afirma Jomas.

O uso frequente do reparador de pontas pode gerar resíduos nos fios que o xampu de tratamento não consegue remover. “Devido a isso, será necessário, de vez em quando, o uso de um xampu anti-resíduos“, indica o hair stylist.


Sérum

O sérum pode ser usado igual ao reparador de pontas, a diferença é que ele é mais aquoso que o reparador e possui propriedades de tratamento. “Suas proteínas, normalmente desenvolvidas em laboratório, ajudam a combater o ressecamento dos fios”, explica Jomas.

O produto pode ser aplicado nos cabelos úmidos, mas é melhor absorvido  pelos fios quando aplicado nos cabelos já secos. Seu efeito é bem menos acumulativo que o reparador e, por esse motivo, pode ser aplicado mais vezes sem deixar tanto resíduo.