Cabelo de diva como no salão: aprenda a cuidar dos fios em casa – em Tratamentos

Não é todo dia que a gente tem tempo — ou dinheiro! — para fazer os tratamentos que o cabeleireiro indica, mas, em casa, o resultado também nem sempre fica bom,
certo? Errado! Com os produtos corretos e as nossas dicas, você vai desfilar com fios incríveis, dignos de quem passou pelas mãos de um profissional

Texto: Lela Malzone/ Edição: Fabiana Gonçalves



cabelos

De nada adianta espalhar a máscara capilar se você não

fizer uma massagem para distribuí-la no comprimento e

nas pontas 

Foto: Danilo Borges 

Liso escorrido

À primeira vista, esse tipo de fio, que é típico das mulheres orientais — ou das que alisam constantemente —, não apresentaria problema algum. Afinal de contas, ele é extremamente liso, brilhante e cresce mais rápido do que os outros cabelos! Mas, por outro lado, também é muito pesado, o que o deixa sem balanço algum. Para mandar embora esse incômodo, é essencial que seja feito um corte que favoreça o movimento. Depois, invista em hidratações capilares que garantam fios lisinhos na medida certa. Segundo Letícia Santana, cabeleireira do salão Éclat (RJ), como esse cabelo não tem grandes problemas de falta de hidratação, pode-se apostar em produtos com D-panthenol e ceramidas, que ajudam a manter a água no interior das fibras capilares sem deixar os fios pesados e excessivamente hidratados, o que tira o seu balanço. Além disso, não há a necessidade de aplicar leave-in após a hidratação. Por outro lado, o finalizador é item obrigatório em casos de cabelo alisado por processos químicos.

Fios secos

Eles costumam ser ásperos, sem brilho e com zero de balanço. Provavelmente, passaram por uma série de maus-tratos, seja pelo excesso de químicas, como colorações e alisamentos, pelo uso abusivo da chapinha e secador ou então pela total falta de uso de produtos adequados. Para conseguir recuperar a vitalidade dos fios, você terá de fazer hidratações caseiras semanais. “Se quiser potencializar a ação da máscara, vale enrolar uma toalha umedecida em água quente na cabeça e mantê-la aquecida com o jato do secador de cabelo. Assim, você dilata as fibras capilares e facilita a penetração dos produtos”, explica Letícia Santana.


Natural afro

É sempre muito fininho e delicado. Por ser bem encaracolado, há certa dificuldade da gordura natural do couro cabeludo se espalhar ao longo de todo o fio. Por isso, boa parte das mulheres com cabelo crespo tem as madeixas ressecadas. A hidratação capilar, nesses casos, deve ser feita uma vez por semana. O ideal é comprar produtos que contenham óleo de amêndoa ou de oliva e gérmen de trigo, já que eles conseguem repor a hidratação interna dos fios, ao mesmo tempo em que os deixam maleáveis e mais fáceis de pentear. “Vale lembrar que não é necessário usar o condicionador após o xampu. Pode-se aplicar diretamente a máscara de hidratação logo após a lavagem”, explica Marta Camelo, cabeleireira do Studio de Beleza Sonia Nesi (RJ). “Uma dica essencial para garantir cachinhos perfeitos é lançar mão de um bom leave-in após o enxágue da máscara, pois ele ajuda a modelar os cachos e controlar o frizz”, aconselha a especialista.

Cabelo misto

A raiz é oleosa, mas a extensão dos fios é seca. Geralmente, as mulheres que apresentam esse tipo de cabelo fazem algum procedimento químico, como escova progressiva, relaxamento capilar ou tintura. Após técnicas como essas, é natural o couro cabeludo entender que sofreu uma agressão. Com o intuito de reverter o processo, ele passa a produzir mais sebo, deixando a raiz oleosa. “Aqui, o importante é fazer uma boa higienização do couro cabeludo antes da hidratação. Por isso, use um xampu de limpeza profunda para eliminar todas as impurezas e não use água muito quente para não estimular mais ainda a produção de óleo. Depois do xampu, aplique a máscara somente no comprimento do cabelo, sem deixar que ela atinja a raiz”, explica Rosiane Pinheiro, cabeleireira do Salão Oh! Theo Beauty & Co (SP). O ideal é hidratar o cabelo a cada 15 dias. Para finalizar o processo, espalhe uma pequena camada de silicone sobre as pontinhas para deixá-las mais macias e sem o aspecto ressecado. Repita sempre que sentir necessidade.

Fios oleosos

Você deve estar pensando: “Meu cabelo tem excesso de óleo, por que vou hidratá-lo, então?”. A resposta está aí mesmo na sua pergunta. Os fios oleosos possuem muito sebo, mas isso não quer dizer que estejam com a quantidade de água suficiente no interior das fibras capilares. A diferença é que o processo de hidratação vai atuar em duas frentes: hidratar e controlar a produção de oleosidade no couro cabeludo. A frequência em que a técnica é realizada também influencia no sucesso do resultado — a cada 45 dias está ótimo! Além disso, não é necessário deixar a máscara de hidratação agindo por muito tempo sobre os fios: 5 a 10 minutos é mais do que suficiente, assim não corre o risco de deixá-los pesados. E claro, é essencial que, durante o intervalo, você faça uso de bons xampus e condicionadores específicos para o seu tipo de cabelo. Lembre-se de espalhar o condicionador apenas no comprimento e nas pontas e enxaguar bem, a fim de não aumentar a oleosidade.

Não erre mais! Clique aqui e veja quais são as falhas mais comuns que as pessoas cometem em casa durante a hidratação!

O artigo Cabelo de diva como no salão: aprenda a cuidar dos fios em casa – em Tratamentos
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/cabelos/cabelo/tratamentos/cabelo-de-diva-como-no-salao-aprenda-a-cuidar-dos-fios-em-casa/3699

Deixe uma resposta