Alimentos que diminuem o apetite sexual – em Nutrição

Muitos são os fatores que diminuem a libido e a alimentação é um deles. Saiba quais são esses alimentos proibidos

Reportagem: Camila Saipp



alimentos que diminuem o apetite sexual

Tanto nos homens, quanto nas mulheres, os alimentos podem
desempenhar papel importante na vida sexual
Foto: Danilo Borges 

Se por um lado alguns alimentos são capazes de aumentar o desejo sexual, existem aqueles que exercem o efeito completamente contrário. Como já explicamos, os alimentos afrodisíacos têm essa fama porque aumentam a vasodilatação e favorecem a irrigação em várias partes do corpo, inclusive naquelas onde há maior estímulo sexual. E os que diminuem esse desejo, como será que agem?

De acordo com o Dr. Valter Javaroni, chefe do departamento de andrologia da Sociedade Brasileira de Urologia do Rio de Janeiro, essa interferência pode acontecer de diferentes maneiras.”Os alimentos podem diminuir o apetite sexual ao alterar os níveis de substâncias como a glicose e o colesterol, que interferem na disposição sexual, no sangue ou ao desviar o fluxo sanguíneo necessário para a digestão e irrigar menos a região genital”, explica o especialista.

Ainda segundo o médico, algumas doenças associadas ao consumo de sal, gordura e excesso de calorias, como a hipertensão, a diabetes e as dislipidemias, podem afetar diretamente a libido. “Um bom exemplo é o do homem com obesidade abdominal que sabidamente tem menos testosterona disponível para exercer sua ação de estimular o órgão sexual”, completa o Dr. Valter.


Nesse grupo de alimentos prejudiciais à libido, a Dra. Andréa Uzeda, nutricionista da Clínica Dicorp, aponta as frituras, os alimentos com alto teor de gordura e açúcares e as bebidas alcoólicas como os principais vilões. “Nos três primeiro casos, a dificuldade da digestão e a circulação inadequada do sangue diminuem a vascularização das zonas erógenas e, consequentemente, reduzem a libido. Já a bebida alcoólica, pode levar a sonolência, desconcentração e impotência”, afirma a Dra.

O Dr. Valter, lembra que apenas pequenos estudos sugerem a interferência negativa de alguns alimentos no apetite sexual. “Um exemplo são os derivados de soja, substância rica nas chamadas isoflavanas, que por desempenharem uma ação semelhante ao estrogênio no organismo, após sua absorção, prejudicam a libido”, aponta o especialista.

Vale lembrar que além dos alimentos, manter hábitos saudáveis, como praticar exercícios físicos, não fumar, não fazer uso de medicamentos, controlar o estresse, etc. são fatores que também ajudam a manter o desejo sexual, especialmente para aqueles que estão um pouco acima do peso. “Pesquisas demonstraram que a redução da cintura abdominal através da atividade física e alimentação balanceada, restabelece o apetite sexual, portanto, preserve sua libido: prefira sempre uma refeição leve e de fácil digestão quando o sexo fizer parte dos seus planos”, finaliza o Dr. Javaroni.

 

O artigo Alimentos que diminuem o apetite sexual – em Nutrição
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/dieta/dieta/nutricao/alimentos-que-diminuem-o-apetite-sexual/2920

Deixe uma resposta