Ainda dá tempo: campanha de vacinação contra gripe é prorrogada em São Paulo

Veja a matéria completa sobre Ainda dá tempo: campanha de vacinação contra gripe é
prorrogada em São Paulo e fique por dentro de como cuidar da sua saúde.


Mais de 10 milhões de pessoas receberam a vacina contra a gripe neste ano; campanha vai até 23 de junho

shutterstock/Reprodução

Os moradores do Estado de São Paulo que ainda não receberam a vacina contra o vírus da gripe poderão ir até um posto de saúde para receber a dose. A Secretaria Estadual de Saúde informou que a campanha foi estendida até dia 23 de junho.

Leia também: 7 razões para se vacinar contra a gripe

O público-alvo também foi ampliado. Agora, pessoas de 55 a 59 anos também terão direito à vacina da gripe
. Portanto, poderão receber a imunização gratuita nos postos do Sistema Único de Saúde (SUS) bebês a partir dos seis meses e crianças menores de cinco anos, idosos acima dos 60 anos, gestantes, puérperas, indígenas, profissionais de saúde e professores que trabalham nas redes públicas e privadas.

Além disso, polícias civis e militares, bombeiros e trabalhadores que atuam na Defesa Civil, Correios, Poupatempo, Ministério Público Estadual (MPE), Procuradoria-Geral do Estado (PGE_ e Defensoria Pública.

Até o momento, a Secretaria Estadual de Saúde informou que 10 milhões de cidadãos foram vacinados. No entanto, alguns grupos de risco não se dirigiram aos postos de saúde. Entre as gestantes, por exemplo, 56% do total estimado recebeu a proteção. As crianças também precisam comparecer mais, 58,8% foram imunizadas.

Leia também: Estado de São Paulo pede mais 31 milhões de doses de vacina contra gripe

Sem medo

A Secretaria Municipal de Saúde da capital recomenda que a população que tem direito à dose não hesite em receber a vacina, pois a dose não causa gripe. “As partículas de vírus presentes na vacina estão mortas. Ou seja, a imunização não provoca gripe. O procedimento é bem simples e quase sempre indolor. Além da população de 55 a 59 anos, esperamos que mais pessoas pertencentes aos grupos prioritários busquem os postos de saúde para tomar a dose”, disse Cristina Shimabukuro, coordenadora da Coordenação de Vigilância em Saúde do município (Covisa).

A vacina, além de proteger contra a doença, reduz o risco de outras complicações respiratórias, como pneumonia. “As únicas contraindicações são para pessoas com histórico de reação anafilática prévia ou alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados, assim como a qualquer outro componente da vacina ou que apresentaram reação grave em doses anteriores da vacina”, informou a Secretaria Municipal de Saúde.

As doses protegem contra a gripe A H1N1, o vírus A/Hong Kong (H3N2) e B/Brisbane. Consulte quais postos estão oferecendo a imunização pelo site
 ou pelo telefone 156.

*Com informações da Agência Brasil

Leia também: Gripe: entenda com o vírus se comporta e como é feita a transmissão

O artigo Ainda dá tempo: campanha de vacinação contra gripe é
prorrogada em São Paulo foi originalmente publicado em http://saude.ig.com.br/saude.ig.com.br/2017-06-13/vacina-gripe-estendida-sp.html

Deixe uma resposta