Adote 8 medidas para fugir das doenças de primavera – em Mulher de Corpo

Junto às flores, surgem a rinite, conjuntivite, sinusite… Fuja das doenças típicas da primavera com essas dicas

Texto Amanda Nicácio | Adaptação Ana Araujo



Saiba como evitar as doenças de primavera

Saiba como evitar as doenças de primavera

Foto: Caio Mello

Além do aumento do calor e da baixa umidade do ar, a primavera é a época na qual o pólen se desprende das flores e fica pelo ar, facilitando reações alérgicas, como rinite e conjuntivite, e agravando doenças respiratórias, caso da asma. A mudança de temperatura durante o dia (que, muitas vezes, é quente de manhã e à tarde, mas bem mais fresco à noite) também prejudica o sistema imunológico, deixando-o mais vulnerável. “A instabilidade do clima é sentida pelo organismo, exigindo que a cada hora ele faça um esforço diferente para manter a temperatura interna ideal”, aponta Raquel Toyota, dermatologista da Clínica Carla Albuquerque de Dermatologia (SP). Por isso, não é incomum que gripe e resfriado deem as caras. A seguir, você encontra dicas práticas para ficar longe de todas essas doenças de primavera:

  1. Mantenha as mãos sempre limpas (se possível, carregue na bolsa um tubo pequeno de álcool em gel) e, ainda assim, evite esfregar os dedos nos olhos;
  2. Deixe as janelas abertas para que o ar circule constantemente e se renove;
  3. A falta de umidade do ar dificulta a respiração, fazendo que as vias aéreas ressequem – o que favorece as crises de rinite. Os umidificadores de ar são uma boa solução, porém, não exagere no uso. “O local úmido demais é propício à proliferação de fungos, causadores de doenças”, alerta Silvia Rodrigues, pneumologista (SP);
  4.  “Borrife acaricida em spray em colchões e travesseiros, deixando-os expostos ao sol durante uma hora, mas virando-os de lado algumas vezes. Assim, os raios solares penetram em todas as partes, matando todos os ácaros”, aconselha Tanit Ganz Sanchez, otorrinolaringologista (SP). Repita esse procedimento a cada sete ou, no máximo, 15 dias;
  5. Lave lençóis e fronhas semanalmente, e edredons, a cada 30 dias. O ideal é higienizá-los com água quente;
  6. À noite, se sentir frio, prefira o edredom ao cobertor. O primeiro tem superfície lisa e, portanto, a chance de reter micro-organismos e impurezas é bem menor que o segundo;
  7. Invista em um aspirador de pó equipado com filtro HEPA (High Efficiency Particulate Air), que prende mais de 99% de partículas causadoras de alergias, como ácaros e pólen;
  8. Se tiver alguém em casa com asma, substitua a água sanitária por álcool para desinfetar o chão.

Revista Corpo a Corpo | Ed. 321

O artigo Adote 8 medidas para fugir das doenças de primavera – em Mulher de Corpo
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/blogs/blogs/mulher-de-corpo/adote-8-medidas-para-fugir-das-doencas-de-primavera/9512

Deixe uma resposta