5 exercícios para eliminar o culote – em Treino localizado

O pneuzinho na barriga não é o único problema que as mulheres enfrentam. Outro grande vilão é o culote, localizado na região dos quadris. Pensando nisso, consultamos um especialista para indicar os 5 melhores exercícios para eliminar a gordura localizada

Por Nathália Henrique



5 exercícios para eliminar o culote

Foto: Danilo Borges

Perder ou diminuir o culote é um dos maiores desafios, mesmo para as mulheres que seguem firme um programa rígido de treino. A boa notícia é que, segundo Cássio Amaral, professor de educação física da Smart Fit, existem algumas atividades específicas que podem ser a chave para acabar de vez com esse incômodo. O professor explica que, de fato, às vezes as circunferências em outras áreas do corpo diminuem, mas o culote permanece. Porém, à medida que a musculatura da área se fortalece, a tendência é diminuir o acúmulo de gordura nessa região. “Treinos como o de bicicleta aceleram a perda sobre essa área, sobretudo se acompanhados de uma alimentação balanceada, rica em proteínas e fibras. Como a atividade de pedalar é aeróbia, ela utiliza gorduras como fonte energética, nesse caso as das coxas e glúteos, áreas mais acionadas. Exercícios localizados ajudam a fortalecer os músculos posteriores da coxa, glúteos e abdutores, contribuindo para alcançar os resultados com mais eficácia”, explica o especialista. 


Aos iniciantes o professor recomenda de duas a três séries de exercícios localizados, com 15 a 20 repetições para cada uma delas. “Antes de iniciar a atividade é importante fazer um aquecimento, como uma caminhada de cinco a 10 minutos. Dúvidas quanto à intensidade dos treinos ou à postura correta de execução devem ser repassadas a um profissional da área para evitar lesões”, reforça. Confira os 5 melhores exercícios para eliminar de vez o culote: 

Agachamento

Considerado um dos melhores exercícios para acabar com a gordura localizada na região dos quadris, o agachamento trabalha os posteriores da coxa e glúteos e é feito com as duas pernas paralelas, imitando o movimento de sentar-se em uma cadeira. “É importante deixar a coluna ereta e observar os joelhos, que não podem passar da linha dos pés”, explica Cássio. A dica do especialista é usar uma cadeira ou um banco, que quanto mais baixo, mais exigirá dos músculos. 

Quatro apoios

Também voltado para os músculos posteriores da coxa e glúteos, para executar este movimento deve-se apoiar os joelhos e cotovelos alinhados com os ombros e quadris em um colchonete. Em seguida, levante uma das pernas, sem esticá-la, simulando o movimento de subida e descida, como se estivesse empurrando o pé para o alto. 

Aparelho abdutor

Este aparelho tem movimento específico para a musculatura dos glúteos, por isso ajuda na diminuição do culote. “Para um melhor resultado é preciso combiná-lo com uma atividade aeróbica, como bicicleta”, diz o professor. Para fazer exercícios de abdução, basta posicionar o aparelho na parte externa das pernas e graduar a carga de acordo com a sua força.  

Stiff

Para este exercício, em pé, com os pés paralelos próximos, segure o halter, flexione os quadris e projete o glúteo para trás. “Mantenha os joelhos semiflexionados para não haver uma hiperextensão. A coluna deve estar sempre reta e o peito aberto”. 

Afundo

Leve o pé esquerdo para trás e realize o movimento de agachamento, mas levando um dos joelhos próximo ao chão. De acordo com o professor, alguns cuidados são essenciais neste exercício, como: não deixar o joelho da perna da frente ultrapassar a ponta do pé e cuidar para que a coluna fique sempre ereta.

O artigo 5 exercícios para eliminar o culote – em Treino localizado
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/fitness/fitness/treino-localizado/5-exercicios-para-eliminar-o-culote/8467

Deixe uma resposta