3 alimentos para comer nas festas juninas sem medo de estragar a dieta – em Nutrição

Desde que sejam preparados ou servidos corretamente, você pode se deliciar sem culpa com estes 3 alimentos nas festas juninas. Confira quais são eles!

Por Ana Paula Ferreira | Foto Shutterstock

Nem tudo que é servido nas festas juninas estraga, de fato, a dieta. Alguns alimentos típicos desta época podem ser aliados da alimentação saudável, desde que preparados da forma correta.

Abaixo, a nutróloga Paula Vasconcelos, do Espaço Volpi, em São Paulo, indica 3 alimentos que você pode comer sem culpa nos “arraiás” e qual é a melhor forma de preparar e servir cada um deles!

1. Milho cozido

De acordo com Paulo, este é um dos melhores alimentos oferecidos em festas juninas. “Ele é rico em vários nutrientes como fibras, vitaminas A, B1 e E, além de magnésio. Esse mineral vem sendo apontado como a bola da vez como recuperador da musculatura após o esforço da atividade física, por exemplo”, explica ela. “Quando os músculos são exigidos e esgotam os estoques de energia dos mesmos, há a liberação de ácidos, como o láctico. Em excesso, esses ácidos provocam fadiga e dor muscular. O magnésio, segundo apontam os estudos, tem o poder de eliminar esses ácidos, retardando, por exemplo, a fadiga muscular” completa.

O magnésio também pode útil para ajudar a combater a insônia porque incentiva a produção de melatonina. Além de tudo isso, uma espiga de milho é pouco calórica: tem cerca de 80 calorias. 

O problema, segundo a profissional, é quando usamos margarina, manteiga ou muito sal para realçar o sabor desse alimento. Assim, o que era saudável, pode ser perigoso por levar mais gordura e sódio para o organismo. “Também para aqueles que querem uma festa junina mais light, melhor ficar só no milho in natura e esquecer os pratos à base dele como pamonha e cural que podem pedir coco, leite de coco, leite condensado e açúcar no preparo”, orienta. 


2. Pipoca

Os benefícios oferecidos pela pipoca estão relacionados à quantidade de fibras que esse alimento possui (13g em 100g), além de compostos antioxidantes e vitamina do complexo B e minerais como o magnésio. As fibras, por exemplo, ajudam a varrer o excesso de colesterol das paredes dos vasos sanguíneos e artérias, reduzindo os riscos de doenças cardiovasculares e AVC (Acidente Vascular Cerebral). Também regula a liberação e aproveitamento de açúcar no sangue, sendo útil, nesse caso, para quem sofre de diabetes. 

No que diz respeito aos antioxidantes, encontrando em grande quantidade na pipoca – e isso é uma descoberta mais recente –, combate-se o envelhecimento precoce do organismo e previne-se até câncer. “Ah, mas pipoca engorda? Muito pelo contrário. Para começo de conversa, um pacote pequeno de pipoca (do tamanho de um copo), tem apenas 30 calorias. E justamente por ter muita fibra, a pipoca aumenta a sensação de saciedade, ao inibir a liberação da grelina, hormônio que induz à fome. Isso naturalmente, evita que você cometa excesso à mesa nas refeições seguintes. Agora, é preciso preparar a pipoca sem óleo, manteiga ou azeite que, quando aquecido, vira uma fonte de gordura ruim”, explica Paula. “Esquente uma panela vazia (três a cinco minutos em fogo alto). Então coloque o milho, abaixe o fogo, tampe a panela e mexa a mesma para não correr o risco de queimar. E muito cuidado com o excesso de sal, que leva sódio para o prato, considerado um dos piores inimigos do coração por elevar a pressão arterial”, orienta ela.

3. Pinhão

Também é um alimento saudável, desde que seja consumido com moderação (dez unidades têm cerca de 100 calorias). “O pinhão é rico em fibras, vitaminas do complexo B, cálcio e zinco. Esse último mineral é considerado um dos melhores antioxidantes dos quais se tem notícia, capaz de combater o envelhecimento precoce do organismo, além de prevenir gripes, resfriados e doenças respiratórias, comuns nessa época do ano.”

 

O artigo 3 alimentos para comer nas festas juninas sem medo de estragar a dieta – em Nutrição
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/dieta/dieta/nutricao/3-alimentos-para-comer-nas-festas-juninas-sem-medo-de-estragar-a-dieta/11690

Deixe uma resposta