Maquiagem branca traz frescor para o verão, confira – em Make

Reportagem: Mayara Alves

 


Neste verão, o pretinho básico abriu espaço para o branquinho básico passar também. E se você é adepta da pele sempre perfeita e dispensa o bronzeado do sol, esta tendência é sua. Cheia de estilo e contraste com as peles da estação, esta onda alva é ótima para dar aquele toque frio ao look e deixar tudo mais refrescante.

 

O artigo Maquiagem branca traz frescor para o verão, confira – em Make
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/beleza/beleza/make/maquiagem-branca-traz-frescor-para-o-verao-confira/2728

Saiba qual é o treino que deixa Paloma Bernardi sarada – em Treino das Famosas

Confira o passo a passo que fez a atriz ficar com um corpo sob medida!



Paloma Bernardi

Boxe é uma das modalidades que ajudam Paloma a
manter  a forma
Foto: Danilo Borges

As curvas de Paloma Bernardi foram conquistadas com muita malhação e disciplina. Veja o treino da atriz de Salve Jorge.

– 10 minutos de alongamento e fortalecimento do core (pranchas)

– 6 séries de 8 repetições de agachamento (de 10 kg a 20 kg)

– 4 séries de 10 repetições de avanço alternados (mais ou menos 10 kg)
– 6 séries de 20 repetições de glúteo em 3 apoios (com 12 kg), alternando com banda elástica

– 4 séries de 12 repetições de supino com flexão de braço

– 4 séries de 10 repetições de rosca alternada + tríceps testa / desenvolvimento
com peso livre + remada, com 30 segundos de intervalo


– 45 minutos de esteira, alternando entre caminhada e um leve trote, ou 15 a 20
minutos de boxe

O artigo Saiba qual é o treino que deixa Paloma Bernardi sarada – em Treino das Famosas
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/fitness/fitness/treino-das-famosas/saiba-qual-e-o-treino-que-deixa-paloma-bernardi-sarada/2726

Suor em excesso: como se livrar da hiperidrose – em Cuidados com o corpo

Se você transpira a ponto de ter de trocar de roupa ao longo do dia, pode ser
que seja portadora de hiperidrose. Mas a doença tem tratamento



Suor excessivo

Descriçã o da imagem vem aqui!!!!

São inúmeras as causas da transpiração em excesso, mas ela pode ser amenizada com alguns tratamentos, como explica Fernando Passos de Freitas, dermatologista (SP): “Pode ser com aplicações de toxina botulínica ou com cirurgia, a Simpatectomia (que consiste na remoção do nervo simpático principal, responsável pela sudorese excessiva das mãos e das axilas)”.

Como não existe um exame laboratorial específico para definir quem é portadora da hiperidrose, o médico afirma que é preciso observar os sintomas. “Sudorese abundante significa umedecer, molhar ou encharcar, não em todo o corpo, mas sim em áreas específicas como a face, o couro cabeludo, o pescoço, as axilas, as mãos, as nádegas, ou os pés”, aponta o médico.

Como tratar a hiperidrose

Comumente a doença é tratada com fórmulas tópicas manipuladas e receitadas por médicos dermatologistas que devem ser aplicadas nas axilas, mas que também podem ser aplicadas nas mãos, nos pés e em outras áreas do corpo onde o problema se manifesta. “Atualmente existem no mercado alguns produtos como desodorantes, antiperspirantes, adstringentes, talcos que podem amenizar o problema”, informa Fernando Freitas.

Mas como a doença decorre de uma disfunção do sistema nervoso autônomo (inervação simpática e não do sistema nervoso central), os tratamentos com psicoterapia e psiquiatria podem ser uma excelente aliada. “Esse tipo de tratamento auxilia todas as pessoas a lidarem com situações difíceis, a aceitar suas limitações, mas não irá solucionar o problema por completo”, adverte o médico. Para o especialista, o melhor e menos doloroso tratamento é a toxina botulínica. “A aplicação deve ser feita com o uso seringas de insulina para assim conseguir evitar o desconforto (dor) e aumentar a precisão do procedimento.

Em geral, há necessidade de 15 a 30 injeções da substância nas áreas afetadas”, explica. O suor desaparece por um período que varia de seis a 12 meses. Esse tempo de duração dependerá da dose e do número de pontos aplicados, da quantidade de suor que a pessoa apresentava e de sua capacidade de absorção do medicamento.

O artigo Suor em excesso: como se livrar da hiperidrose – em Cuidados com o corpo
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/corpo-e-rosto/corpo-e-rosto/cuidados-com-o-corpo/suor-em-excesso-como-se-livrar-da-hiperidrose/2725