Mad Men Está de Volta

Minha série favorita está de volta!! Reestreou dia 25 após quase 2 anos fora do ar! Se você ainda não segue a série, está perdendo muito! Na minha opinião é uma obra prima. Eu sou apaixonada por tudo dos anos 60, confessa beatlemaníaca… amo os looks, o clima e sempre que posso incorporo a maquiagem e os cabelos da época no meu próprio visual.

Mad Men Está de Volta

Uma das minhas marcas de maquiagem favoritas, a Estee Lauder (marca mãe da Clinique, MAC, Bobbi Brown, entre outras), lançou uma coleção maravilhosa de maquiagem baseada na série, com um blush em creme e um batom vermelho matte bem intenso. Simplesmente maravilhosos, bem pigmentados e com embalagens retrô douradas lindas!

Eu queria que a coleção tivesse sido maior, com sombras, lápis e afins, mas fiquei contente com o batom e blush. O batom se chama Cherry e claro é um vermelho cereja opaco e o blush em creme é um rosado chamado Evening Rose. Tudo muito clássico, de bom gosto, chique, de qualidade impecável assim como a série.

A foto artística abaixo inspirada pelos anos 60 feito pelo meu namorado (sim, gente, sou eu na foto!) teve um toque de Mad Men. Estava emulando umas das esposas da época, frustrada, esperando o marido chegar, prestes a preparar o jantar. As mulheres do Mad Men vivem nas sombras dos homens em suas vidas que as controlam em todos os sentidos. Nós mulheres realmente demos passos bem largos nos últimos 50 anos.

Mad Men é então minha recomendação de hoje, não somente a série, mas a maquiagem também. Não percam nenhum episódio, vejam desde o início se ainda não conhecem o seriado e olha esse último episódio foi excelente, não desapontou, mal posso esperar até a semana que vem!

 

Maquiadora e cabeleireira nas horas vagas, blogueira e professora de inglês. Adoro o estilo dos anos 60, músicas dos Beatles, Xbox 360, política de esquerda e filmes de terror.

Artigos Relacionados:

O artigo Mad Men Está de Volta
foi originalmente publicado em http://www.produtosdebeleza.com/mad-men-esta-de-volta.html

Bacalhau confitado – em Receitas Light

O bacalhau confitado é uma receita da atriz Sophie Charlotte, perfeita para um banquete de Páscoa bem leve

bacalhau
“Como gosto de pescados, o bacalhau está entre as minhas iguarias preferidas.
Além de ser uma delícia, é um peixe supersaudável”, afirma Sophie Charlotte
Foto: Marco Terranova 

Ingredientes
– 1 kg de bacalhau da Noruega dessalgado
– 1 xíc. (chá) de azeitonas pretas sem caroço
– 25 g de ­ilé de anchovas
– 250 ml de azeite de oliva
– ¼ de xíc. (chá) de alcaparras
– 1 e ½ xíc. (chá) de tomates cereja
– ½ maço de manjericão verde
– ½ cabeça de alho
– Sal, açúcar re­inado e pimenta-do-reino branca em grãos a gosto
– 1 folha de louro

Modo de preparo

 

Corte o bacalhau em pedaços e dessalge bem. Unte com azeite e grelhe os dois lados. Disponha o bacalhau em uma travessa e cubra-o com azeite a alho e a folha de louro. Cubra com o papel-alumínio e leve ao fogo baixo por duas horas. Enquanto assa, bata no liquidificador dois dentes de alho, 1 col. (sopa) de azeite, filés de anchova, as azeitonas e as alcaparras até obter uma pasta. Reserve. Coloque as folhas de manjericão em água salgada por um minuto. Resfrie-as na água gelada e bata-as no liquidificador com o azeite restante. Reserve. Asse os tomates cereja em uma assadeira com sal ­fino, açúcar re­inado e pimenta-do-reino branca moída na hora, em fogo baixo por 45 minutos. Reserve. Retire o bacalhau (já assado) do azeite e cubra-o com a pasta reservada. Gratine, sirva com os tomates  e o azeite de manjericão.

 

Tempo de preparo: 60 min.
Rendimento: 9 porções.

O artigo Bacalhau confitado – em Receitas Light
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/dieta/dieta/receitas-light/bacalhau-confitado/2101

Aprenda a montar um kit de primeiros socorros

Kit de primeiros socorros deve ser guardado longe do calor e da umidade. Foto: Shutterstock/TerraKit de primeiros socorros deve ser guardado longe do calor e da umidade
Foto: Shutterstock/Terra

Durante os três meses das férias de verão, o movimento nas estradas de todo o País provoca aumento no número de acidentes. Apenas na operação Natal e Ano Novo, finalizada já nos primeiros dias de 2012, foram registrados 316 acidentes no Sistema Anchieta-Imigrantes, composto pelas rodovias que ligam São Paulo ao litoral sul e Baixada Santista.

De olho nisso, vale lembrar que carregar um kit de primeiros socorros no carro pode ajudar nos cuidados iniciais em situações de ferimentos mais leves. “O kit contém itens usados para o primeiro cuidado, podendo evitar complicações”, explica Telma Ribeiro da Silva, professora da área de Saúde Ocupacional do Centro Universitário Senac de São Paulo.

Vale lembrar que motoristas não são multados se viajarem sem a maleta de curativos e remédios, já que o código de trânsito brasileiro não a considera obrigatória. De qualquer maneira, tê-la por perto pode ser útil.

Montando o kit
Não é preciso ter uma maleta ou qualquer tipo de bolsa especial para carregar os itens de socorro. Um nécessaire limpo e higienizado pode armazenar os produtos, desde que seja mantido em local protegido do sol e da umidade.

Antes de ir até a farmácia, faça uma lista do que deve ser comprado para não ter erro. Para um kit básico adquira luva, gaze, atadura, esparadrapo, uma tesoura pequena e soro fisiológico. Além disso, curativos prontos, medicamentos e antiséptico de uso familiar também são eficazes. O soro fisiológico deve ser usado para lavar o ferimento, a gaze para cobri-lo e atadura ou bandagem para colocar sobre a gaze.

Mas atenção: para que o material de primeiros socorros não se transforme em problema, é preciso ter cuidado com o que está sendo usado. “Jamais ofereça medicamento de uso pessoal para quem não se conhece, pois pode gerar algum tipo de alergia”, recomenda Marisa Amaro Malvestio, enfermeira do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de São Paulo (SAMU).

Serviço de emergência
Vale lembrar que por mais completo que seja o kit de primeiros socorros, ele não atende todas as necessidades de um acidentado. Por isso, em casos mais graves, antes mesmo de fazer os procedimentos na vítima, chame o serviço de emergência. Assim, o atendimento profissional acontecerá de maneira rápida e eficiente.

Pelo telefone 193, do corpo de bombeiros, é possível acionar o resgate, em qualquer cidade do País. Já nas cidades com o serviço de SAMU, o atendimento pode ser solicitado também pelo número 192. “Em pequenos municípios, é importante pesquisar o contato de algum serviço desse tipo”, lembra Marisa. Logo na entrada das rodovias brasileiras, uma placa informa o telefone de emergência do trecho. Portanto, fique atento e tome nota.

Agência Hélice,
Especial para o Terra

O artigo Aprenda a montar um kit de primeiros socorros
foi originalmente publicado em http://saude.terra.com.br/verao/noticias/0,,OI5617435-EI19225,00.html