Japonês trocado por Luis Melo em "Sol Nascente" faz ‘bico’ com Silvio

Veja, Japonês trocado por Luis Melo em "Sol Nascente" faz ‘bico’ com Silvio confira também tudo o que acontece no BBB13.

  • Reprodução/SBT

    Ken Kaneko grava quadro "Os Velhinhos se Divertem", do "Programa Silvio Santos"

    Ken Kaneko grava quadro “Os Velhinhos se Divertem”, do “Programa Silvio Santos”

Nova novela das seis da Globo, “Sol Nascente” estreou na última segunda (29) com a escalação, no mínimo, polêmica de Luis Melo para interpretar o imigrante japonês Kazuo Tanaka, que desagradou o público logo no primeiro capítulo por não parecer um asiático. Atores orientais chegaram a lançar um manifesto contra a “discriminação étnica” na TV.

A Globo, entretanto, tinha um japonês autêntico disponível para estrelar a trama de Walther Negrão: Ken Kaneko. Nascido em Yokohama, o ator e artista plástico de 81 anos chegou a ser cotado para viver Tanaka, porém a emissora chamou Luis Melo por não ter encontrado um ator experiente.

“Mandei fotos e vídeos, mas não sei, acho que mudou um pouco a história, apareceu aquele ‘japonês fajuto’, né?”, brinca Ken Kaneko ao UOL. “Eu ia fazer, mas como o personagem é quase principal e também não sou o tipo de ator [que a Globo queria], sempre participei de ‘Os Trapalhões’, ‘Viva o Gordo’, um pouco cômico. Esse personagem é ‘meio policial’, não caiu para mim”, conjetura.

Japonês faz “bico” com Silvio Santos

Como humorista, além de ter trabalhado com Renato Aragão e Jô Soares, Kaneko está há mais de dois anos no “Programa Silvio Santos”, onde atua no quadro “Os Velhinhos se Divertem”, em que idosos pregam peças em pedestres e agem como jovens. Para o ator, é um “bico” que o deixa feliz.

“No SBT estou fazendo esse ‘bico’. Tenho vergonha de ver essas coisas, mas o pessoal na rua fala muito. O público parece estar gostando da nossa apresentação. No começo, pensam que são pegadinhas, mas não. Atuar desse jeito é bem divertido. Não tem maldade, não tem nada”, comemora.

Ator quer fazer mais novelas

Kaneko começou a atuar aos 16 anos no teatro mambembe japonês. Após peças e figuração em filmes, veio para o Brasil nos anos 60. É o único ator genuinamente japonês radicado no Brasil. Aqui, ele atuou em filmes como “Gaijin” (1981), de Tizuka Yamazaki, e “Corações Sujos” (2011), de Vicente Amorim.

O artigo Japonês trocado por Luis Melo em "Sol Nascente" faz ‘bico’ com Silvio foi originalmente publicado em http://tvefamosos.uol.com.br/noticias/redacao/2016/09/01/japones-trocado-por-luis-melo-em-sol-nascente-faz-bico-com-silvio.htm

Deixe uma resposta