Com Trajano de folga, Juca Kfouri volta a alfinetar Danilo Gentili na ESPN

Veja, Com Trajano de folga, Juca Kfouri volta a alfinetar Danilo Gentili na ESPN confira também tudo o que acontece no BBB13.

O tema do estupro da jovem de 16 anos no Rio de Janeiro voltou a ser comentado no “Linha de Passe”, da ESPN. Depois de José Trajano repudiar na sexta-feira (27) a participação de Danilo Gentili nos programas do canal, foi a vez de Juca Kfouri, indiretamente, criticar o humorista do SBT.

“Quero fazer aqui uma abertura diferente, porque me julgo obrigado a fazê-la. E como virou moda, é uma abertura em nome da minha saudosa mãe, Luisa, em nome das três mães dos meus filhos, Suzana, Márcia, Ledinha, em nome da minha mulher Ledinha, em nome da minha filha, Camila, em nome das minhas netas, Luisa e Júlia, em nome da minha nora, Marina, em nome de todas as mulheres minhas amigas, em nome de todas das mulheres do mundo. Salve, Leila Diniz”, começou Juca.

“Se há alguma coisa abjeta, é a cultura do estupro. Se há uma covardia inominável, é aquela que é feita contra as mulheres, é só isso que importa, é só isso que nós temos que repudiar e denunciar. Gostaria de fazer isso na frente do meu admirável amigo Zé Trajano, que hoje tá de folga, mas faço apenas pra registrar isso: não se brinca com estupro, não se brinca com violência, não se brinca com orientação sexual, não se brinca com aquilo que de mais íntimo há no ser humano. A cultura do estupro para ao largo disso. É hora da gente dizer basta. Que essa menina de 16 anos que foi vítima de um estupro coletivo, incluindo inclusive um jogador de futebol, do Boa Vista, do Rio de Janeiro, que seja o último caso, que o que aconteceu com essa menina não tenha sido em vão, que a gente nunca mais tenha que tocar nesse assunto.”

Trajano criticou indiretamente o convite a Gentili. O jornalista, dizendo-se representante de um grupo dentro da própria ESPN, protestou durante o programa Linha de Passe pela presença do humorista do SBT em uma atração dos canais.

“O canal abrigou esta semana um personagem engraçadinho, que se porta como um sujeito que faz apologia do estupro. Em nome do humor, dizendo que no humor cabe tudo. Esse grupo ficou enojado com a presença dele”, declarou Trajano.

A crítica de Trajano dizia respeito a uma mensagem publicada por Gentili no Twitter em 2012 no qual elogiou uma relação sexual no programa Big Brother Brasil consumada com uma participante alcoolizada.

“O cara esperou uma gostosa ficar bêbada pra transar com ela. Todos sabemos o nome que se dá pra um cara desses: Gênio”, dizia Gentili na ocasião. A mensagem foi posteriormente apagada.

“Conseguiram o que queriam: a ira e o repúdio de muita gente contra mim…É assim que funciona a máquina de moer reputações. E você, que está lendo isto agora, paga por ela… O militante petista Trajano, usando seu distintivo de jornalista, ontem me acusou na televisão de um crime que jamais cometi (e com certeza jamais cometeria)”, escreveu o humorista em sua conta no Facebook.

Nesta segunda, o diretor de planejamento artístico e criação do SBT, Fernando Pelegio, criticou no Twitter a declaração de Trajano. “Esse José Trajano não merece o microfone que tem. O SBT foi gentil em ceder uma de suas principais estrelas e eles o tratam assim?”, disse. “Se a ESPN tem rachas dentro da sua estrutura, sugiro que resolvam tudo antes de pedirem nossos contratados”, acrescentou.

O caso

Em depoimento à polícia, a vítima – menor de idade – disse ter sido drogada e estuprada por um grupo de homens, após ter ido visitar o namorado, o jogador Lucas, em comunidade conhecida por “morro da Barão”. Segundo o primeiro relato da jovem às autoridades, quando ela acordou após ser dopada, viu cerca de 30 homens armados de pistolas e fuzis em um imóvel.

O caso ganhou repercussão depois de imagens do ato terem sido vazadas na internet.

Agora responsável pela investigação, a delegada da DCAV Cristina Bento, que substituiu o delegado Alessandro Thiers, titular da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), declarou nesta segunda-feira que tem certeza da ocorrência de crime. “Minha convicção é de que houve estupro”, disse, em entrevista coletiva. “Está lá no vídeo, que mostra um rapaz manipulando a menina”.

Seis ordens de prisão foram expedidas pela Justiça. Além de Lucas Santos, Rai de Souza, Michel Brasil, Raphael Belo, Marcelo Corrêa e Sergio Luiz da Silva Junior são os alvos. Esse último, também conhecido por “Da Rússia”, é apontado como chefe do tráfico do morro da Barão.

Nesta segunda-feira, o jogador de futebol Lucas Perdomo Duarte Santos, de 20 anos, apontado como namorado da jovem, foi preso pela polícia do Rio de Janeiro. Ele se preparava para uma entrevista coletiva quando foi abordado por dois delegados da Polícia Civil que chegaram ao local. O acusado não ofereceu resistência e foi detido na hora.

Os delegados colocaram o jogador em uma viatura e o conduziram para a Cidade da Polícia, na região do Jacarezinho, zona norte do Rio de Janeiro.

O artigo Com Trajano de folga, Juca Kfouri volta a alfinetar Danilo Gentili na ESPN foi originalmente publicado em http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/2016/05/30/com-trajano-de-folga-juca-kfouri-volta-a-alfinetar-danilo-gentili-na-espn/

Deixe uma resposta