Confira 7 mitos e verdades sobre estética – em Cuidados com o corpo

Muitas informações sobre estética e beleza ainda geram dúvidas entre as mulheres. Para esclarecer as questões mais comuns, listamos 7 mitos e verdades!

Texto Ana Paula Ferreira 



Descubra mitos e verdades sobre estética e beleza

Foto Shutterstock

Muito se fala sobre estética e beleza, mas a verdade é que algumas questões ainda geram muitas dúvidas e discussões. 

Por isso, consultamos a especialista em biomedicina estética Natalie Lucasech, de São Paulo, para esclarecer 7 mitos e verdades sobre o tema. Confira!

O sol pode causar flacidez.

Verdade. “A exposição solar prolongada aos raios ultravioletas ao ar livre, principalmente no horário entre 10h e 16h, pode ocasionar quebra do colágeno. Por isso, é essencial aplicar protetor solar adequadamente sempre que houver exposição ao sol, mesmo que esteja frio”, revela a biomédica esteta.

Dieta balanceada pode ajudar a eliminar celulite.

Verdade. A dieta ainda é melhor forma de combater a celulite. Basta exagerar um pouco nos alimentos salgados e gordurosos para a celulite aparecer mais forte do que nunca. A gordura excedente inflama o tecido e facilita a retenção de líquidos. “O ideal é consumir alimentos termogênicos e diuréticos para aumentar a queima de calorias e eliminar as toxinas acumuladas no organismo’, indica a especialista.

A drenagem linfática e outros tratamentos estéticos funcionam.

Verdade. Segundo a Dra. Natalie Lucasech, a drenagem linfática estimula o sistema linfático a trabalhar em um ritmo mais acelerado, mobilizando a linfa até os gânglios linfáticos. “Com isso, são eliminados o excesso de líquido e as toxinas do organismo, facilitando o emagrecimento e o combate à celulite”, explica a biomédica que comenta também sobre  outros tratamentos estéticos como Criolipólise, Intradermoterapia e Radiofrequência, “todos eles tem sua eficácia comprovada em várias publicações científicas”. 

Cosméticos em excesso podem prejudicar a pele e causar espinhas.

Verdade. Os poros tem uma função básica que é a de liberar o sebo para a pele, que é fundamental para a proteção da mesma. Quando o poro é obstruído, essa produção de sebo fica presa dentro do poro, causando assim os cravos. Isso favorece a proliferação de bactérias como o Propionibacterium Acnes, que se alimenta do sebo produzido pela pele e causa infecções. A Acne Cosmética é, portanto, a acne que surge na pele quando esse processo é causado pelos produtos de beleza que usamos e que obstruem os poros. Estes casos acometem, sobretudo, pessoas que já possuem predisposição à acne, como pacientes com pele oleosa ou antecedentes de algum grau de acne. É mais difícil que alguém de pele seca tenha acne cosmética.


A esfoliação deve ser feita a cada 15 dias.

Depende do seu tipo de pele! A pele oleosa é a que mais se beneficia com o uso regular de esfoliantes. Os esfoliantes suaves podem ser utilizados diariamente, enquanto os com maior poder de esfoliação possuem uso mais restrito. “A recomendação é usar esses produtos duas vezes por semana nas peles mais oleosas, principalmente em regiões de testa, nariz e queixo pois resistem mais a agressão que os esfoliantes provocam. Para as pele secas, a frequência cai para 1 vez por semana ou a cada 15 dias. O esfoliante provoca um ressecamento ainda maior e agride muito a pele”, explica dra. Natalie. 

Lavar o rosto com água quente resseca a pele?.

Verdade. A água quente, sobretudo quando em contato com o corpo por um tempo mais longo, remove o manto lipídico, responsável por reter a umidade natural da derme e dar suavidade à sua textura. Além disso, o uso de buchas ajuda a agravar o problema.

 

O artigo Confira 7 mitos e verdades sobre estética – em Cuidados com o corpo
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/corpo-e-rosto/corpo-e-rosto/cuidados-com-o-corpo/confira-7-mitos-e-verdades-sobre-estetica/10980

Estrogonofe de biomassa de banana verde – em Receitas Light

A biomassa de banana verde é um coringa na cozinha. Que tal, então, adicioná-la em uma das receitas mais presentes nos pratos dos brasileiros? Veja como preparar a receita de estrogonofe com este ingrediente!

Por Vand Vieira e Marcia Di Domenico | Foto Marcus Steinmeyer | Adaptação Ana Paula Ferreira



A receita é uma versão saudável e leve do clássico estrogonofe

Foto Marcus Steinmeyer

A biomassa de banana verde é um curinga na cozinha, dando consistência a pratos doces e salgados.  Também é rica em fibras não digeríveis, que melhoram o intestino e, com isso, a imunidade. 

Confira como adicioná-la na clássica receita de estrogonofe!

Ingredientes

½ cebola picada
1/3 xíc. de azeite de oliva
200 g de tomates maduros
70 g de cogumelos paris
2 col. (sopa) de mostarda Dijon
1/4 xíc. de açúcar demerara
150 g de biomassa de banana verde
500 ml de leite de amêndoas

Modo de preparo

Em uma panela, refogue a cebola no azeite e, quando estiver dourada, junte os tomates, em pedaços. Cozinhe, mexendo sempre, até ganhar consistência de um purê. Desligue o fogo e reserve. Quando esfriar, bata no liquidificador. Repita esse processo com a biomassa e o leite de amêndoas e adicione os outros ingredientes (mostarda, açúcar, molho inglês). Com todo esse molho já processado, volte ele todo para uma panela em fogo baixo até levantar fervura e adicione os cogumelos. Sirva com arroz branco ou integral.

Quer conferir mais receitas light? Então, corra para as bancas ou garanta a sua Corpo a Corpo aqui!

O artigo Estrogonofe de biomassa de banana verde – em Receitas Light
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/dieta/dieta/receitas-light/estrogonofe-de-biomassa-de-banana-verde/10979

3 massagens para manter o corpo saudável e em forma na gestação – em Mulher de Corpo

Conheça as massagens que podem contribuir para o bem estar das futuras mamães e aliviar o peso e as dores que costumam surgir nesta fase

Texto Ana Paula Ferreira



As massagens oferecem a sensação de relaxamento e bem-estar durante a gravidez

Foto Shutterstock

Ao mesmo tempo em que é um dos momentos mais especiais na vida das mulheres, a gravidez é um período em que o organismo passa por muitas mudanças no processo de formar a nova vida que vem por aí, trazendo algumas dores e quilinhos extras à futura mamãe.

Pensando nisso, o Espaço Kurma, de São Paulo, nos indicou três massagens que ajudam a manter o corpo saudável e em forma durante a gestação. Confira abaixo! 

Garbhini Shanti

A massagem Garbhini Shanti é realizada no chão e une os movimentos da massagem Thai e Ayurvédica, integrando alongamento, consciência respiratória além de um profundo relaxamento do corpo e da mente. 

A mãe entre em conexão profunda com o seu filho ao mesmo tempo em que relaxa o corpo, preparando-o para o parto. Utilizamos óleo de amêndoa e de coco aquecidos além de óleo essencial de lavanda que ajudam a hidratar, nutrir a pele, evitando ressecamento, estrias e manchas. A lavanda acalma e relaxa.


Drenagem linfática

O edema (inchaço) de membros inferiores faz parte das queixas mais frequentes das gestantes, seu surgimento está ligado à circulação linfática, seja diretamente pelo aumento de líquidos ou indiretamente em consequência de uma deficiência linfática especifica. 

A drenagem linfática manual está representada por um conjunto de manobras que visam drenar o excesso de liquido acumulado, nos tecidos e dentro dos vasos. Controlando a circulação linfática, diminuindo a instalação do edema. O profissional pressiona e desliza a mão por todo o corpo, direcionando o excesso de líquido para os gânglios linfáticos, que trabalham para eliminá-lo pela urina. Adota um papel tanto de prevenção, quanto de reabilitação das gestantes.

Massagem Thai

A massagem Thai, durante a gestação atua em muitos níveis, trabalhando as articulações, a musculatura, a pele e o tônus corporal de forma tranquila e adaptada a este período tão especial. Além de fortalecer o corpo e prepará-lo para o parto, a massagem Thai também relaxa e contribui para se alcançar estados meditativos e contemplativos de consciência, que estreitam os laços mãe/filho e permitem à gestante saborear uma gravidez prazerosa e saudável. 

Aplicação da massagem Thai em gestante, com movimentos específicos para cada trimestre da gravidez, é feita de forma cuidadosa e atenta para as suas necessidades especiais, harmoniza corpo e mente através de movimentos rítmicos e alongamentos gradativos que pela persistência suave, sem forçar nem gerar dor ou contração, acalmam o sistema nervoso, abrem espaço e dão expansão ao movimento das articulações, aliviando dores e tensões.

O artigo 3 massagens para manter o corpo saudável e em forma na gestação – em Mulher de Corpo
foi originalmente publicado em http://corpoacorpo.uol.com.br/blogs/blogs/mulher-de-corpo/3-massagens-para-manter-o-corpo-saudavel-e-em-forma-na-gestacao/10978